Por marcelle.silva

Falta apenas uma semana para as férias chegarem ao fim, e o fraco movimento nas lojas de material escolar indica que os pais vão deixar a missão da compra para a última hora. Segundo a gerente da Yan Livros (Rua Gessyr Gonçalves Fontes 192, Centro de São João de Meriti, tel.: 2668-9888), Désirée Ramalho, em janeiro, as vendas caíram 20% em relação ao mesmo período do ano passado. “Eles têm que começar a comprar, porque daqui a pouco começam a faltar alguns dos livros”, sugere Désirée.

Israel Lucas Surcin%2C de 5 anos%2C foi com o pai escolher o material e só tinha olhos para as estampas de carrosCacau Fernandes / Agência O Dia

Ela não sabe o que levou os pais a adiar tanto a caça aos livros este ano. Mas, se o motivo for o calor, a gerente tem argumento de vendedora. “O calor não vai passar, não! As aulas vão começar no dia 3. Se demorarem muito, vão gastar no Carnaval e não vão ter dinheiro para comprar o material depois. Venham logo!”, brinca, lembrando que a Yan oferece parcelamento em seis vezes sem juros no cartão de crédito e descontos de até 10% na lista de materiais.

A dona de casa Arianne Caldas Ferreira, de 27 anos, estranhou ao comprar o material do filho semana passada. “Fiquei surpresa por estar tão vazio. Consegui escolher tudo com conforto e não teve fila”, disse ela. A Yan recebe pedidos por telefone.

Você pode gostar