Por nicolas.satriano

Muitos já sabem, mas é sempre bom lembrar as diferenças entre o chope e a cerveja, ainda que a paixão pelos dois seja a mesma na maioria das vezes entre botequeiros de todas as estirpes. O primeiro, que chega em barris, é mais fresco, leve e perecível, por não ser pasteurizado. Em comparação às cervejas de grande produção industrial, também não tem conservantes, estabilizantes e antioxidantes. A validade de um barril de chope é de 10 dias fechado e apenas um depois de inaugurado. A cerveja pode ficar seis meses na garrafa, mas dura poucas horas após a abertura.

Por que falar de tudo isso? Para chamar a sede e abrir o apetite no Palácio do Chopp, que traz a bebida no nome, vende 40 barris de 50 litros por semana e serve cerveja em garrafa. Abrindo as portas na happy hour, a cozinha comandada por Tania Ferreira segue o estilo e é especializada em petiscos variados, alguns inspirados nos clássicos de balcão dos botequins, com preços generosos.

A picanha fatiada com batatas fritas é opção de petiscoDivulgação

Saem das torneiras do Palácio Brahma e Itaipava, com a torre imersa em gelo. A bebida chega às mesas, em ordem crescente de tamanho, nas versões garotinho (R$ 4), tulipa (R$ 5,50), caneca zero grau (R$ 7), e torre de dois litros (R$ 25). Em garrafa, tem long necks de Budweiser e Stella Artois.

Para garantir a barriga cheia na hora dos brindes, o petisco que causa sensação é o Frango Arrepiado, iscas empanadas com queijo parmesão e molho de mel com mostarda (R$ 35). Os bolinho de feijão são empanados em farinha de torresmo, e recheados com bacon e couve (R$ 6). Para os chegados a sabores tradicionais, há moela com molho madeira, servida com pão francês (R$ 18), e sardinhas portuguesas assadas ao escabeche, no azeite com azeitonas e pimentões vermelho e amarelo (R$ 25 a porção com 10).

Outras opções são a picanha na pedra, indicada para refeições em família porque serve quatro pessoas, com batatas fritas, arroz, feijão tropeiro e molho à campanha (R$ 50). Há também camarões ao alho e óleo ou empanados (R$ 35).

A música ao vivo é atração: na terça-feira tem pagode, na quarta é dia de MPB, na quinta rola o pop rock, na sexta é a vez do reggae, e o sábado une todos os ritmos. A boa de domingo é a feijoada completa com roda de samba (R$ 12 o prato individual). Apesar da boemia, as crianças têm sua vez no terraço, onde há diversos brinquedos e ambiente para as famílias.

* Este colunista vai tirar 15 dia de férias, bons sabores e até a volta.

Palácio do Chopp. Rua Damas Batista 133, Jardim Tropical, Nova Iguaçu (2658-6009). De terça-feira a quinta das 18h à meia-noite; sexta e sábado, das 18h às 3h; dom, das 18h à 1h. Aceita cartões.

Você pode gostar