Por marcelle.bappersi

A Secretaria Municipal de Educação de Japeri (SEMED) trabalha duro para melhorar o ensino no município. E realizou nesta quinta-feira (7) a Conferência Municipal de Educação, na Escola Municipal Darcílio Ayres Raunheitti no bairro Nova Belém. Participaram gestores, professores, alunos e toda a sociedade civil. E, durante a reunião, foram aprovadas 20 metas para o Plano Municipal de Educação (PME), que pautará os trabalhos na área pelos próximos 10 anos.

São metas relacionadas a diferentes etapas: da educação infantil ao ensino superior e profissionalizante, com participação direta da população. A formação e valorização dos profissionais e os investimentos necessários também fazem parte do plano, assim como a implantação do estudo em horário integral e a educação diferenciada para crianças portadoras de necessidades especiais, jovens e adultos.

Participação coletiva foi fundamental

O prefeito Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor, ressaltou que o projeto ficará de legado para outros governos futuros. E agradeceu a presença de todos, dividindo os méritos. “Esse projeto é de todos nós. E nosso trabalho em conjunto promoverá crescimento em Japeri; não só na educação, mas em todas as demais áreas”, concluiu.

Responsável pelo PME, a secretária de Educação Roberta Bailune está confiante na evolução da educação em Japeri. “Esta ação contou com o apoio de toda sociedade civil para mostrar que todos podem ajudar na evolução da educação. E estamos caminhando para atingir as metas. A expectativa de todos é positiva.”, declarou.

Uma vitória do município

Com a aprovação, o PME será encaminhado aos poderes Executivo e Legislativo municipais para então ser enviado ao Ministério da Educação (MEC) em Brasília, onde será discutido o Plano Nacional de Educação (PNE) com as diretrizes encaminhadas pelo município.

Coordenadora do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE RJ), Patrícia Alves parabenizou a ação do município. “Meu sentimento é de vitória. Com esta aprovação, Japeri vai avançar muito na educação, principalmente em comparação aos municípios vizinhos.” afirmou.?

Você pode gostar