Por marcelle.bappersi

Rio - As disputas de karaokê que se prezam devem ter, pelo menos, “Marrom bombom’, de Os Morenos, ou ‘Pela vida inteira’, do Kiloucura, em seu repertório. E para matar a saudade dos pagodeiros, daqui a pouco, às 18h, tem Pagode Retrô na Lalu Lounge, que fica na Rua Arcelino Pereira Neves 33, Nova Iguaçu. A primeira edição do evento vai contar com mais de dez grupos de pagode que marcaram a década de 1990.

Além de Os Morenos e Kiloucura, cantarão Swing & Simpatia, Pique Novo, Soweto, Alô Som, Pirraça, Nascente, Sociedade do Samba, Grupo 100% e Só Preto Sem Preconceito. Mulheres pagam R$ 10 e homens, R$ 20.

Os pagodeiros prometem shows embalados pelo romantismo Divulgação

Para comemorar os 17 anos de sucesso, o grupo Kiloucura gravou seis canções em estúdio, que farão parte do novo DVD, com lançamento previsto para o ano que vem. “A expectativa é de que o Pagode Retrô ganhe forma e continue crescendo. Para nós, é uma honra participar da primeira edição. E o público pode aguardar a nova música ‘Me falta você’”, avisa Araken Barbosa, empresário do grupo Kiloucrua.

Em cada edição, o projeto pretende apresentar grupos que fizeram parte da história da música popular no país. O bjetivo é resgatar o movimento do pagode.

Marrom bombom é a cor do pagode carioca

Que atire a primeira pedra quem nunca ouviu o refrão ‘Tire a calça jeans e bote o fio dental. Morena, você é tão sensual’, da canção ‘Marrom bombom’, de Os Morenos. Quinze anos após a saída de Waguinho — agora cantor evangélico — e quase há oito sem gravar, o grupo voltou aos palcos com a música de trabalho ‘Mexe comigo’, lançada em 2014. “A intenção é emocionar o público, levá-lo para uma viagem à década de 1990”, explica Charlles André, cantor de Os Morenos.

Você pode gostar