Duque de Caxias terá projeto para urbanização integradas de comunidades

Obras de bairros do primeiro distrito fazem parte do PAC 1 e prometem acabar com as enchentes na região

Por O Dia

Após quase sete anos de espera, as obras do PAC 1 dos bairros Vila Ideal e Vila Nova, no primeiro distrito de Duque de Caxias, serão reiniciadas. A Prefeitura lançou oficialmente o projeto de urbanização integrada das duas comunidades na terça-feira em solenidade na sede do governo, em Jardim Primavera, pelo prefeito Alexandre Cardoso. Ao todo, serão R$ 33 milhões investidos, beneficiando mais de 100 mil habitantes.

Apartamentos estão atrasados Divulgação

As obras incluem abastecimento de água, esgotamento sanitário, iluminação pública, drenagem e pavimentação, incluindo as margens do Canal Caboclo, num trecho de 360 metros, que vai acabar com as enchentes nas duas comunidades, além do projeto das secretarias municipais de Obras; e de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, que prevê a construção de uma escola pública para atender 960 alunos em dois turnos e uma creche em horário integral,. Este convênio foi assinado com a Caixa Econômica Federal no dia 9 de junho.

Na solenidade de lançamento, o prefeito Alexandre Cardoso afirmou que acompanhará de perto o andamento das obras e que ela marcará a cidade. “Estamos vivendo um momento especial, retomando um esqueleto que estava no armário. Foi um trabalho de dois anos e meio que envolveu todas as dificuldades que é fazer um processo dessa ordem. Buscamos fazer um processo novo, onde o mais importante é ter transparência. Estamos de mãos dadas com a Caixa (Econômica Federal), governo federal, secretarias municipais, poder legislativo e a sociedade para fazer uma cidade melhor”, destacou.

A representante da Caixa Econômica Federal, Geísa Filadefo, parabenizou a gestão atual, que permitiu a viabilização da retomada do projeto: “Estamos com essa obra desde 2007 e nesse período sofremos diversas intercorrências que não permitiram a finalização do projeto. Não é um processo simples, a burocracia atrapalha, mas essa é uma gestão que teve um empenho fantástico nessa retomada e o resultado é esse que estamos vivendo agora”, finalizou.

A primeira etapa do projeto começa no dia 17 de agosto e prevê a conclusão da urbanização dos prédios, que segundo o secretário municipal de Obras, Luiz Felipe Leão, é o mais importante para os moradores neste momento. “Vamos dar prioridade ao término dos 176 apartamentos e depois iniciar a segunda etapa que é a construção da escola e da creche, além da urbanização do local. Aquela obra é uma questão de honra para Prefeitura. Queremos devolver a dignidade aos moradores daquela região”, afirmou.

As 176 unidades habitacionais têm 46 metros quadrados cada e serão distribuídas em seis blocos, enquanto que a escola ocupará um espaço de 2.595 metros quadrados, tendo 12 pavimentos com 12 salas de aulas, salas de informática, sala de vídeo, biblioteca, auditório e laboratório. A creche terá 647 metros quadrados, com dez salas de aula, dois berçários e capacidade de atender 120 crianças.

Moradoras de Vila Ideal%2C em Duque de Caxias%2C Cleonilde Honorato e Sheila Regina saíram esperançosas do anúncio das obras na regiãoRafael Barreto

Moradores da região acompanharam a solenidade na sede da Prefeitura e voltaram para as comunidades esperançosos com o retorno das obras. “Há mais de seis anos esperamos uma solução para os nossos problemas. Hoje posso dizer que acredito que o projeto vai sair do papel e em seis meses estarei finalmente na minha casa. Passamos por todo um processo e agora vamos aguardar o desfecho”, disse Sheila Regina Linhares, de 53 anos, que sempre morou na Vila Ideal.


Reportagem de estudantes de Jornalismo que integram o projeto ODIA/Unigranrio

Últimas de _legado_O Dia na Baixada