Por marcelle.abreu

Como o caderno de hoje é um especial sobre saúde e bem estar, nada melhor do que falarmos sobre um alimento típico das regiões Norte e Nordeste do Brasil que a cada dia ganha espaço e virou opção na mesa dos brasileiros e estrangeiros que buscam uma alimentação equilibrada e um corpo perfeito: a tapioca.

Tapioca de Tomate%2C queijo branco e ervasMarcelle Abreu / Agência O Dia

De origem indígena, a mandioca era a base da alimentação do Brasil até a colonização do território pelos portugueses. Logo após os primeiros anos do descobrimento, os colonizadores da capitania hereditária de Pernambuco descobriram que a tapioca poderia substituir o pão. Ela, então, logo se espalhou pelos demais povos indígenas, como os Cariris no Ceará e os Jês, na Amazônia. Depois também compôs parte da alimentação dos escravos. Tudo isso serviu para transformar a tapioca, hoje, em um dos mais tradicionais símbolos da culinária brasileira.

De acordo com a nutricionista e especialista em qualidade dos alimentos, Thaís Oliveira, “a tapioca é um alimento com baixo teor de sódio, sem gordura, rico em carboidratos de fácil digestão e sem glúten. Porém, deve ser consumido de acordo com quantidade calórica que varia de pessoa para pessoa”.

A iguaria é feita com a fécula (goma) extraída da mandioca, que ao ser espalhada em uma chapa ou frigideira aquecida, em poucos minutos vira um tipo de panqueca ou crepe seco. Uma delícia que ganhou as praias cariocas e também as terras da Baixada. Há seis meses, o publicitário Maurício Duarte e a assistente de vendas Fernanda Melo decidiram inovar duas vezes: Ao criar a Tapiocaria Maniva — primeiro comércio específico do alimento na região — e colocá-lo em um Food Truck — espaço móvel que transporta e vende comida —, o primeiro de Nova Iguaçu.

No local, são oferecidos nove tipos de tapiocas salgadas, entre elas as Light: Queijo com tomate e ervas e peito de peru defumado com queijo, que saem por R$ 6,50 e a de ovo que custa R$ 4,50. Tem ainda sete opções doces, entre elas banana com canela, que sai por R$ 6,50. “Sempre comi tapioca, minha mãe é alagoana. Pesquisamos na internet e o negócio deu super certo. Vendemos uma média de 70 por dia, muitas delas para a galera que malha aqui perto”, destacou Fernanda.

O modo de preparo é super simples: Basta adicionar duas colheres e meia de sopa de goma hidratada à frigideira, depois pressionar a massa com a mão até cobrir toda a frigideira. Em seguida, colocar o recheio de preferência e quando as pontas começarem a desgrudar da frigideira, fechar a massa. Espere por alguns segundos até formar uma espécie de disco e está pronto para saborear.

TAPIOCARIA MANIVA: End.: Av. Dr. Thibau 80, Centro, Nova Iguaçu. Informações.: (21) 7888-3477


Você pode gostar