Cruz Vermelha oferece diversos cursos

Voluntários e alunos têm aulas de primeiros-socorros, enfermagem e instrumentação

Por O Dia

Estevão Matias, 23 anos, morador de Vila Americana, Nova Iguaçu, sempre quis trabalhar como voluntário e fez um curso de Primeiros Socorros para se profissionalizar. Hoje, socorrista formado, ele mudou sua visão do mundo depois de ingressar na área. “O trabalho voluntário muda sua perspectiva de vida, pois quem só quem tem contato com o sofrimento humano tem a verdadeira dimensão dessa realidade e aí passa a dar maior valor à família e às coisas realmente boas da vida. Você reforça sua própria humanidade, pois as pessoas estão muito apegadas a dinheiro e minha recompensa é o carinho que recebo em retribuição das pessoas a quem ajudo”, avalia Estevão.

Simulado de primeiros socorros com alunos na Ilha da MarambaiaDivulgação

O jovem voluntário trabalha atualmente na filial Nova Iguaçu da Cruz Vermelha Brasileira (rua Bernardino de Melo 2085, Centro, Nova Iguaçu, tel.: 2667-5709 e 3191-5889), uma sociedade filantrópica de socorro voluntário sem nenhum fim lucrativo e auxiliar dos poderes públicos, especialmente em áreas de saúde.
A instituição mantém cursos técnicos de Enfermagem, Patologia, Saúde Bucal, Segurança do Trabalho e de especialização como Instrumentação Cirúrgica e Enfermagem do Trabalho, mas seu carro-chefe hoje é o curso de Primeiros Socorros, muito procurado por profissionais da área de saúde, como funcionários do SAMU, militares, agentes de segurança do setor privado e também técnicos de segurança do trabalho.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada