Bolsão de descontos para os estudantes

Filial de colégio em Nova Iguaçu oferece bolsa de estudo e curso pode sair até de graça

Por O Dia

Ana Figueiredo estudava o nono ano do Ensino Fundamental II, em 2014, quando decidiu o que queria quanto a seu futuro nos estudos. “Meu pai me sugeriu que me formasse na escola e então tivesse uma boa base para ser aprovada em qualquer concurso. Foi quando me interessei pela Aeronáutica. Minha mãe foi contra eu fazer um preparatório militar por eu ser mulher, mas isso me motivou ainda mais em seguir meu sonho”, ressalta a estudante.

Alunos que se inscreveram para o bolsão serão testados em novembroRENATO FONSECA

O estudo é fundamental na fase da adolescência. E a escolha de uma boa escola é um dos fatores que fazem a diferença na vida dos jovens que querem ser um profissional com um futuro promissor. Junto a isto, também está a própria dedicação do aluno que está em busca de uma carreira. E, no dia 14/11, a filial de Nova Iguaçu do Colégio Curso Progressão (rua Athaíde Pimenta de Moraes, 201, Centro, tel.: 2667-1392) realizará um bolsão que irá oferecer descontos de até 100% para alunos novos na unidade. As pré-inscrições são gratuitas e já podem ser feitas pelo site www.cursoprogressaoprodutos.com/colegio.

O bolsão é válido para o nono ano do ensino fundamental e primeira e segunda série do ensino médio. Os candidatos que participarem do exame, com provas de português e matemática, ganham bolsas de estudo de 10% de desconto, mas ainda concorrem a bolsas de 100%, destinadas aos alunos com melhor desempenho de cada turma.

O diretor-geral do colégio, Renato Biancardi, fala do diferencial do Progressão e destaca qualidade dos professores que fazem parte da equipe. “Prezamos pelo desenvolvimento comportamental, pois trabalhamos habilidades e competências para os alunos se tornarem cidadãos completos. 90% de nosso esforço pedagógico estão na sala de aula, pois temos professores que são verdadeiras estrelas do ensino na região. E nossos alunos são estimulados a se dedicarem aos estudos”, avalia Renato.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada