Chegou a hora da operação saúde

Brasil tem 67 milhões de sedentários.Podemos mudar isso. Simbora malhar?

Por O Dia

Larissa Elisiário optou pelo treino funcional RENATO FONSECA


Segundo o levantamento mais recente da Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado em 2011, a falta de atividade física é o quarto principal fator de risco de morte no mundo. Para mudar este quadro é necessário incluir a atividade física no dia-a-dia.

Larissa Elisiario, 20 começou a se exercitar depois que percebeu o sobrepeso de alguns familiares. “Desde que comecei me sinto muito bem, resolvi me prevenir”, contou.
O sedentarismo é ainda um fator de risco crucial para doenças crônicas como as cardiovasculares, câncer e diabetes. Segundo o Ministério do Esporte, 45,9% da população brasileira é de sedentários.

O professor de educação física da academia Alta Performance, Leandro Reis, indica o treino funcional para quem quer deixar o sedentarismo. “É uma aula dinâmica, o aluno interage e perde cerca de 600 a 900 calorias”.

A academia fica na Av. Henrique Duque Estrada Mayer 1550, Três Corações.

Emagrecer deve ser saudável

Na corrida para emagrecer não basta apenas se exercitar. Uma boa dieta, acompanhada por um especialista, é fundamental.

Em 2014, Ivo Fonseca, 36, procurou a ajuda de uma nutricionista para perder peso com saúde. “Aprendi a me alimentar corretamente e reduzi o meu manequim”, comemora.

A nutricionista Fabiana Britto (Travessa Vila Iboty 30 Centro, Nova Iguaçu, tel.: 2797-3306) e orienta : “dietas é coisa séria, tem que ser equilibrada e acompanhada por um profissional”.


Últimas de _legado_O Dia na Baixada