Por juliana.stefanelli

 Rio de Janeiro - Após uma denúncia anônima, o Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) da secretaria de Segurança da Prefeitura de Mangaratiba e a Capitania dos Portos de Itacuruçá apreenderam cerca de 16 quilos de camarão da espécie branco e sete barbas, na manhã desta quarta-feira, dia 19, na Baía de Mangaratiba.

Os pescadores, que estavam em dois barcos de arrasto, receberam o auto de apreensão e de infração pela secretaria de Meio Ambiente por pesca predatória em época de defeso da espécie. “Muitos pescadores artesnais do município, além de moradores, estão se queixando de vários barcos estranhos na nossa baía. Estamos apertando o cerco sobre essas embarcações”, comentou o coordenador Carvalho, do GPA.

Camarões da espécie branco e sete barbas são apreendidos após denunciaDivulgação

Foi verificado também que um dos barcos sequer tinha pescadores habilitados para pilotá-lo. Os pescadores, que segundo o GPA vieram de fora da cidade para fazer a pesca do camarão, foram apresentados na 165ª DP (Mangaratiba), onde foi lavrada a ocorrência.

Camarão foi distribuído em seguida para a comunidade do bairro Parque Bela Vista. A distribuição foi feita pelo próprio GPA e os agentes da secretaria de Meio Ambiente.

Você pode gostar