Prefeitos da Região dos Lagos querem reduzir passagem intermunicipal

Alair Corrêa propôs a redução da tarifa de ônibus entre municípios limítrofes de R$4 para R$2,80

Por O Dia

Rigião dos Lagos - Após a população reclamar nas ruas sobre o alto preço da passagem na Região dos Lagos - uma das mais caras do país - o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa, propôs a redução da tarifa de ônibus, entre os municípios limítrofes, de R$4 para R$2,80. O objetivo, segundo Alair, seria promover o desenvolvimento na área. Ele lembra que uma família de quatro pessoas morando em Arraial do Cabo, por exemplo, e trabalhando em Cabo Frio, precisa desembolsar R$32 por dia para trabalhar. "E as duas localidades ficam somente a 8Km uma da outra", ressaltou.

Para demonstrar que o preço mais acessível servirá para ajudar no crescimento da região, Alair se reuniu com os prefeitos de Búzios, Andre Granado, de Arraial do Cabo, Wanderson Cardoso de Brito, e de São Pedro de Aldeia, Claudio Vasques Chumbinho. Ele também participou de uma inédita Audiência Pública com a população e os movimentos sociais para debater a questão do transporte.

"Estamos de portas abertas e vamos acatar a decisão popular e, por isso, a importância desta audiência neste momento. O momento certo para a população definir se quer ou não o subsídio do transporte público", comentou Alair, que assistiu à Audiência Pública sentado entre os manifestantes.

O prefeito Alair Corrêa propôs a realização de reuniões e até audiências públicas para discutir o temaDivulgação


Em Cabo Frio, a prefeitura lançou o Cartão Dignidade, onde o morador paga apenas R$0,50 dos R$2,80 cobrados pela passagem dentro do município. Em Tamoios, segundo distrito, cerca de 60 mil moradores viajam de graça apresentando o Cartão Dignidade. No total, 120 mil moradores são beneficiados pelo subsídio municipal.

"A prefeitura gasta cerca de R$ 1.7 milhão por mês pagando as passagens de ônibus. Caso a população deseje investir esse valor em outra área, como saúde ou educação, assim será feito" , garantiu o prefeito.

O advogado Marcos Menezes, presidente da Comissão Organizadora da audiência, se mostrou bastante satisfeito com a resposta dos diversos setores da sociedade. "Avançamos muito”, afirmou.

Interferência do Estado
Esta semana os quatro prefeitos foram recebgeidos pelo secretario Julio Lopes que, por interfone conectou a reunião com sinais positivos de sucesso na proposta do prefeito de Cabo Frio.“Fomos muito bem recebidos e a idéia de unificar a tarifa depende de aprovação do governo do estado. Tudo agora depende de análises e estudos da equipe técnica do governo estadual”, disse o prefeito Alair Corrêa.

Os prefeito de Búzios, Andre Granado (Psc) Wandereson Cardoso de Brito, Andinho (PMDB), Claudio Vasques Chumbinho (PT), de São Perdro da Aldeia também são favoráveis ao valor único porque beneficiaria todos os moradores que trabalham em cidades vizinhas.
Os prefeitos estão otimistas quanto a uma possível interferência do Estado.

Últimas de _legado_O Dia no Estado