Por julia.amin

Magé - Referência dentre os municípios do Rio de Janeiro no combate ao Aedes Aegypti, mosquito da dengue, Magé entregou para a Subsecretaria Estadual de Vigilância em Saúde o Plano de Contingência para Enfrentamento de Epidemias de Dengue, referente aos anos de 2013 e 2014.

Segundo Marcos Vanini, coordenador de Educação em Saúde e Mobilização Social, o Plano de Magé é diferenciado dos demais municípios graças às ações contínuas da campanha ‘10 Minutos contra a Dengue’, que reduziu drasticamente o número de ocorrências da doença na cidade. Este ano, dos casos suspeitos, 292 foram confirmados, sendo um grave, com óbito.

Moradores participam de atividades para combater a dengueDivulgação


“Não vivemos um momento epidêmico graças à campanha ‘10 Minutos contra a Dengue’, que é uma ação conjunta de todas as secretarias com a população para evitar que o mosquito se reproduza”, comentou Marcos, esclarecendo ainda que o documento apresenta propostas de ação para o caso de haver uma epidemia de dengue e não com a doença já instalada.

No plano, estão especificadas todas as estratégias que serão utilizadas para atender os pacientes com suspeita de dengue, assim como as ações de controle vetorial, de vigilância epidemiológica, de mobilização social e de comunicação.

O secretário de Saúde, Tarcísio Crespo, explicou que o Plano de Contingência para o Enfrentamento de Epidemias de Dengue é uma ferramenta de gestão do SUS.

Você pode gostar