Por helio.almeida

Rio - Durante a solenidade de abertura da 3ª Conferência de Saneamento Básico da Baixada Fluminense no auditório da Unigranrio, no Centro, o secretário de Estado de Ambiente, Carlos Minc, fez ao prefeito de Caxias, Alexandre Cardoso, um importante comunicado: a de que será implantado 150 quilômetros de rede coletora de esgoto no município.

Carlos Minc%3A 'Hoje%2C 100% do esgoto da Baixada Fluminense vai para a Baía de GuanabaraDivulgação

A medida vem ao encontro da proposta do prefeito de fortalecer os municípios, além de uma maior parceria com os governos estadual e federal. "Sou um municipalista e, cada vez mais, vejo os municípios à míngua, vivendo uma crise de financiamento. Acho importante estarmos discutindo esta questão do saneamento na região. Mas não adianta falar em saneamento, se não existe água. Por isso, defendo uma maior integração entre os governos federal e estadual ", afirmou.

Minc destacou a importância da conferência: "Hoje, 100% do esgoto da Baixada Fluminense vai para a Baía de Guanabara. Estamos com várias frentes de obras voltadas para o saneamento. Estamos fazendo o saneamento do centro de Belford Roxo e, em parceria com a Cedae, ampliamos a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Sarapuí, que está tratando 30% do esgoto de Mesquita e 40% de Nilópolis."

Você pode gostar