Prefeitura de Itaboraí doa enxoval para bebês que nascem na maternidade local

Iniciativa faz parte do programa 'Gerando Vidas'

Por O Dia

Rio - Ganhar um enxoval novinho é o presente que as mães recebem na maternidade do Hospital Municipal Desembargador Leal Junior, em Itaboraí, assim que ganham seus bebês. A iniciativa faz parte do programa ‘Gerando Vidas’, ação pioneira da gestão do prefeito Helil Cardozo, que tem como foco garantir o melhor cuidado às mães e ajudá-las nos primeiros meses de vida do recém-nascido.

Todas as mães ganham o kit após a alta hospitalar, inclusive as que não moram na cidade. O enxoval contém cobertor, toalha, trocador, toalhas de boca, calça em malha, macacão curto e comprido, touca, sapato e roupa de pagão. O sexo da criança define a cor rosa ou azul do kit maternidade, acondicionado numa bolsa especialmente confeccionada para o programa.

Todas ganham enxoval com vários itens%2C após alta hospitalar%2C inclusive as mães que não moram na cidadeDivulgação

Desde novembro de 2013, a Prefeitura já distribuiu cerca de 250 bolsas. Mensalmente, a maternidade realiza, em média, 120 partos, sendo 70 normais e 50 cesarianas. São feitos, ainda, 900 atendimentos ginecológicos/obstetrícios no setor, divididos entre cirurgia eletiva e emergencial, internação e acolhimento de gestantes em risco.

O secretário municipal de Saúde, Edilson Francisco dos Santos, afirma que o “Gerando Vidas” é um conforto para muitas mães que não têm condições financeiras de comprar o primeiro enxoval para seus filhos.

“Estamos proporcionando dignidade às nossas crianças desde as primeiras horas de vida”, destacou o secretário. “As mães esperam ansiosas a hora de receber o kit. Algumas já chegam à maternidade pedindo a bolsa. Este presente representa um diferencial no atendimento, mas a nossa preocupação, em primeiro lugar, é com o bem-estar do bebê e da mãe”, afirmou o secretário.

Mães recebem os kits-maternidade

Com o quinto filho nos braços, a dona de casa Viviane dos Santos, 28 anos, foi contemplada com uma bolsa de roupinhas cor-de-rosa para cuidar da Rafaele. “Fui muito bem atendida desde que cheguei ao pré-parto. Não sabia que iria receber esta bolsa. Fiquei muito feliz. Será de grande utilidade para minha filha”, comemorou a moradora de Marambaia.

A moradora de Visconde, Rosângela de Oliveira, 35 anos, também ficou surpresa com a bolsa na cor azul, que irá ajudá-la nas primeiras semanas.

Últimas de _legado_O Dia no Estado