Por thiago.antunes

Rio - Oito entre os dez municípios que mais evoluíram em Educação no estado em 2011, segundo o recém-lançado Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), são do Noroeste Fluminense. Já no indicador Emprego e Renda, nenhuma das 13 cidades da região mais distante da capital apresentou alto desenvolvimento. Três tiveram desempenho baixo, sete ficaram com nota regular, e três apresentaram desenvolvimento moderado.

Houve queda no indicador Emprego e Renda em sete cidades. As que mais caíram foram Cambuci, Natividade, Bom Jesus do Itabapoana e Varre-Sai. Santo Antônio de Pádua obteve o melhor IFDM consolidado da região (0,7851), com crescimento em todas as vertentes analisadas (Educação, Saúde e Emprego e Renda). A cidade ficou em 12º lugar no ranking geral. Segunda colocada na região, Itaperuna (IFDM 0,7776) recuou 0,1% frente a 2010, por conta do indicador Emprego e Renda.

Santo Antônio de Pádua foi a que mais cresceu na região e conquistou o 12ª lugar entre as cidades do estadoDivulgação

Terceira colocada, Aperibé se destacou em Educação, garantindo a pontuação mais alta do estado nessa vertente: 0,8940. O município subiu 13 posições no ranking, a maior variável de crescimento do Noroeste em relação à edição anterior (9,6%). As outras cidades que se destacaram em educação foram Santo Antônio de Pádua (2º), Bom Jesus do Itabapoana (3º), Itaperuna (4º), Italva (5º), Itaocara (6º), Miracema (8º) e Natividade (9º). Apesar dos bons resultados neste quesito, nenhum município do Noroeste apresentou alto desenvolvimento no ranking geral.

Municípios do Sul são os campeões

No IFDM-Saúde, a maioria está classificada com desenvolvimento moderado. Três apresentam alto desenvolvimento – Santo Antônio de Pádua, Itaperuna e Natividade — e dois, IFDM regular. No IFDM consolidado, a região teve aumento nos classificados como de desenvolvimento regular. Varre-Sai (IFDM 0,5717) ficou com a última colocação regional, com queda nos três indicadores. Cambuci caiu 24 colocações devido à queda em Emprego e Renda e Educação. A cidade cresceu apenas em Saúde, de regular para moderado desenvolvimento.

No ranking geral do estado, a campeã é Resende (0,8349 ponto, seguida de Volta Redonda, única a registrar alto nível de desenvolvimento nas três vertentes. A terceira colocação é de Nova Friburgo, seguida do Rio de Janeiro — a nona melhor entre as capitais. Japeri manteve-se na última colocação no ranking do estado.

Você pode gostar