Por thiago.antunes

Rio - Dentre os 54 acordos que integram o protocolo bilateral entre Brasil e China, assinado semana passada, a cidade de Maricá, na Região Leste Fluminense, está contemplada com um programa de investimentos da ordem de US$ 1 bilhão em obras de infraestrutura, urbanização e mobilidade urbana.

De acordo com a prefeitura, os recursos serão aplicados em diversos projetos importantes para o desenvolvimento sustentável da cidade, como a construção de pontes, alargamento e dragagem de canais, pavimentação de vias, remodelação da orla e no VLT, em um momento em que grandes empreendimentos como o porto de Jaconé e o Comperj saem do papel para a realidade.

Presente à cerimônia no Palácio do Planalto, o prefeito Washington Quaquá salientou a importância do aporte chinês, resultado de um trabalho de captação iniciado há pelo menos dois anos, marcado também pela assinatura de um acordo em separado, no Itamaraty.

Recursos serão empregados também em obras de mobilidade urbanaFernando Silva / Agência O Dia

“Fruto de uma ousada política de relações internacionais que estabelecemos, este acordo coroa meses de discussões com os chineses. Valeu uma ida minha à China no começo do ano e agora se traduz no primeiro acordo de uma prefeitura brasileira com aquele país”, comemorou. Segundo ele, a cidade está seguindo os passos do desenvolvimento apontado pelos Brics (bloco que reúne Brasil, Rússia, Índica, China e África do Sul). “Maricá vai fazendo sua revolução apoiada pelos chineses”, completou.

Há pouco mais de um mês, uma missão empresarial da China esteve em Maricá após discussões iniciadas pelo prefeito e pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Lourival Casula, durante a visita a Pequim. O grupo, com representantes da gigante China Communications Construction Company Ltda (CCCC), analisou as oportunidades de investimento possíveis na região e agora aguarda a apresentação dos projetos. “Maricá sai na frente com um plano que nos permitirá melhorar a vida dessa e das próximas gerações. É um legado para a cidade”, afirmou Casula, que acompanhou o prefeito na solenidade em Brasília.

O acordo bilateral de cooperação econômica foi assinado pela presidente Dilma Rousseff e pelo presidente da República Popular da China, Xi Jinping, e amplia o volume de negócios entre os dois integrantes do Bric, beneficiando diretamente Maricá entre outros municípios do país. Ao todo, o governo chinês deverá aportar no Brasil investimentos de cerca de R$ 240 bilhões em 54 projetos de infraestrutura, energia, logística, educação e transportes.

Você pode gostar