Palácio de Cristal é cenário para festa de casamento coletivo

Cerimônia reunirá 28 casais hoje à noite

Por O Dia

Rio - Que tal casar em um suntuoso palácio? O sonho de se unir de corpo e alma se tornará realidade para 28 casais com renda de até dois salários mínimos em Petrópolis. E o melhor: em um baita patrimônio histórico, o Palácio de Cristal. O projeto Casamento no Palácio possibilita aos casais realizar o registro civil com direito a cerimônia religiosa e cenário de cinema, num local que já foi cenário de festas pomposas no passado. A festa ainda dá direito a bolo, bebida e convidados.

O tecelão Carlos Fonseca, de 30 anos, e a técnica de enfermagem Juliana Galdino, 32, aprovaram o endereço. “A gente já procurava casar, daí ficamos sabendo que a prefeitura realizava casamentos coletivos por um amigo. Nos inscrevemos e fomos chamados para resolver os trâmites da documentação. Quando soubemos que seria no Palácio de Cristal, ficamos surpresos e felizes, porque além de um sonho realizado, o local vai ficar para a história das nossas vidas”, disse Carlos.

Inaugurado em 1884, o Palácio de Cristal foi encomendado e construído na França. A estrutura pré-montada, com paredes de vidro, é inspirada nos palácios de cristal de Londres e do Porto. A intenção do Conde e da Princesa Isabel era utilizar o local como espaço para exposições de flores, frutos e pássaros. Em 1938 o palácio foi coberto por folhas-de-flandres e tijolos para abrigar o Museu Histórico de Petrópolis, que mais tarde seria transferido para onde hoje funciona o Museu Imperial. Atualmente, o local é utilizado para exposições e eventos, como a Bauernfest, festa anual em homenagem aos colonos alemães de Petrópolis.

Últimas de _legado_O Dia no Estado