Por vinicius.amparo

Rio - Mais de um milhão e meio de pessoas já passaram pelas salas do projeto “Cine Tela Brasil”, que surgiu em 2004, idealizado pelos cineastas Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi (Bicho de Sete Cabeças, Chega de Saudade, As Melhores Coisas do Mundo e Uma História de Amor e Fúria).

Durante a itinerância, o projeto conta com uma sala que percorrerá 20 cidades, realizando sessões gratuitas de cinema para comunidades no interior do país. Serão três dias em cada local, projetando quatro sessões diárias para os públicos infantil e adulto. O Cine em Cena exibirá na cidade, entre esta terça (16) e 18 de setembro, os filmes “Cine Holliúdy”, “Rio 2”, “Amazônia” e “Uma História de Amor e Fúria”. 

Crianças de escolas locais também podem assistir às apresentações gratuitamenteDivulgação

E se engana quem pensa que por ser itinerante, a sala não possui conforto. São 225 lugares com cadeiras estofadas, ar condicionado, tela de 26m2, sistema de som, projeção 35 mm e uma novidade: a projeção de filmes também em 3D.

“A projeção 3D faz parte de algumas melhorias realizadas e que são naturais para que o projeto tenha fôlego, qualidade e continue agradando ao público que é o nosso maior bem. Cumprimos papel importante ao levar cinema para os municípios que não possuem sala ou comunidades sem condições de acesso. Queremos também levar para este público algo ainda mais raro que é a oportunidade de ver um filme em 3D”, afirmam Edson e José Carlos.

A sala itinerante já está montada na Rua Alfredo Menezes, s/nº, em Bacaxá.

Você pode gostar