Por vinicius.amparo

Rio - Começa nesta terça-feira (7) e segue até sábado (11) a Semana do Produtor Rural no Parque da Cidade, em Barra Mansa, Sul Fluminense. Durante o evento será realizada a grande final do 1º Circuito Municipal de Torneios Leiteiros. A programação ainda conta com etapa do Concurso Nacional da Raça Girolando e a nona edição da Copa Barra Mansa de Cavalo Mangalarga Marchador, além de shows regionais.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Leandro Machado, a iniciativa de separar as atividades agropecuárias dos principais shows em referência ao aniversário da cidade é uma tendência nacional. “Dessa forma podemos oferecer mais espaço para os animais e maior conforto para o produtor. A maioria das exposições agropecuárias do país está separando a parte agropecuária dos grandes shows, que atrai muita gente”, explicou.

Resgatando a vocação de ser uma das mais importantes exibições de planteis de Girolando, Barra Mansa vai sediar novamente uma etapa do concurso nacional da raça. A expectativa é que 240 animais oriundos dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro participem do evento.

A Copa Barra Mansa de Cavalo Mangalarga Marchador deve reunir 130 animais que participarão de provas hípicas e de marcha, assim como avaliação de padrões raciais e exibição. “Barra Mansa fica muito perto das regiões consideradas como o berço dessa raça no Brasil. Portanto. Acredito que, como nos anos anteriores, teremos animais de alto padrão em exibição”, acrescentou Machado.

Espaço do Produtor

No evento haverá uma sala reservada e mobiliada para que o produtor possa fechar negócios e trocar experiências. Uma das inovações este ano é a venda de animais matrizes e reprodutores de propriedades certificadas pelo programa RIO-Genética, com financiamento pelo Banco do Brasil. “Aqueles produtores que desejarem adquirir animais jovens e adultos procedentes dos melhores criatórios da região poderão comprar com financiamento durante o evento. É um incentivo ao desenvolvimento rural em Barra Mansa”, concluiu o secretário.

Você pode gostar