Por vinicius.amparo

Rio - As 27 casas populares situadas no bairro Freitas Soares estão em fase de conclusão. Quase toda a infraestrutura necessária para que os futuros moradores possam tomar posse de suas residências está concluída. A prefeitura finalizou as obras de sua responsabilidade, que incluem iluminação, água e esgoto. As casas serão entregues em até 60 dias, segundo informação dada pelo secretário de Obras e Infraestrutura Norival Diniz. Cada casa possui 31m2 compostos de quarto, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. E ainda há uma residência que será destinada a um portador de cuidados especiais, construída no padrão da acessibilidade, construída com 41m2.

Segundo a diretora de Habitação Leila Carmo, as famílias participam de reuniões periodicamente e recebem as instruções necessárias para um melhor convívio social. “Nosso trabalho visa garantir condições para o exercício da participação comunitária, com o objetivo de elevar a qualidade de vida das famílias residentes na área do projeto. As atividades envolvem um conjunto de ações que busca promover a mobilização e organização comunitária, a educação sanitária e ambiental e a implantação de atividades voltadas à geração de trabalho e renda. Deste modo, promovemos a melhoria da qualidade de vida dessas famílias e o cuidado com as novas moradias”.

Ela ainda esclareceu que “o papel da prefeitura nesse trabalho consiste em fiscalizar e saber se as ações estão sendo desenvolvidas com as famílias. Todos já participaram de diversas atividades do trabalho técnico social. Os moradores vão continuar participando mesmo depois que se mudarem para as unidades. Chamamos isso de acompanhamento pós-obra”.

Sheila Oliveira, 24 anos, espera pela liberação das unidades para realizar o sonho da casa própria. “Eu tenho três filhos e moro de aluguel aqui no Freitas Soares. É um sonho antigo. Eu preciso mesmo me mudar, mas entendo que não depende mais da prefeitura. Fico feliz em saber que logo terei minha casa própria, será um sonho realizado. Estou muito ansiosa”.

Severino Batista, marido de Silvana, ficou feliz ao saber da notícia da entrega das casas. “Agora falta pouco. Eu vou mesmo é pular de alegria quando eu pegar essa chave”.

“Estamos aguardando a conclusão do pavimento asfáltico para que as chaves possam ser entregues aos beneficiados. Toda a parte que cabe à prefeitura, incluindo drenagem e infraestrutura foi feita. Na última reunião que tivemos com os representantes da empresa responsável, o prazo dado para a conclusão foi até o fim deste ano. Esperamos que as famílias passem o ano novo de casa nova”, enfatizou o secretário de Obras, Urbanismo e Infraestrutura, Norival Diniz.

A prefeita Cida disse que “é preciso esclarecer para as famílias que, mesmo sendo de responsabilidade do estado o processo de construção e de conclusão das obras, a prefeitura não vem medindo esforços para entregar essas casas a seus beneficiários. Queremos garantir que as famílias recebam seus imóveis e morem com dignidade. Diante desse acompanhamento que é realizado quase que diariamente, podemos constatar a ansiedade das famílias em se mudar logo. Posso afirmar que a prefeitura vem se empenhando muito para que esse sonho logo se torne real. Uma das medidas foi a instalação de uma unidade móvel da Guarda Municipal para garantir a segurança das residências”.

Você pode gostar