Por vinicius.amparo

Rio - Uma iniciativa pioneira no Ensino Fundamental entre as prefeituras brasileiras foi implantada pela Secretaria de Educação de Rio das Ostras no segundo semestre deste ano. Trata-se do ProVirtual – Programa de Progressão Parcial Virtual, uma plataforma de aprendizagem que pode ser acessada de qualquer computador, tablet ou celular com Internet. O objetivo é permitir que os estudantes da Rede Municipal promovidos parcialmente de série, por não alcançaram as médias para aprovação em até duas disciplinas, possam avançar no aprendizado.

Com uma logística simplificada, o ProVirtual está beneficiando 1203 estudantes do 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental de 13 Unidades Escolares. O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) disponibiliza conteúdo de oito diferentes disciplinas por meio de textos, vídeos, imagens, jogos e links. Cada aluno tem um ambiente virtual individualizado para receber as aulas e realizar as atividades avaliativas que são corrigidas na hora. Por meio desse canal, os alunos ainda podem se comunicar com os professores tutores e enviar suas dúvidas, que são logo respondidas.

“Esses estudantes são nativos digitais e possuem grande habilidade com a tecnologia. Utilizando o espaço virtual para transmitir o conteúdo é possível alcançar melhor resultados e ainda estimular o uso educacional da Internet. Sem falar que reduzimos os custos, uma vez que os alunos em progressão parcial podem estudar de casa ou no laboratório de informática das escolas e não precisamos disponibilizar salas de aulas para atendê-los no contraturno”, explica a Secretária de Educação, Andrea Machado.

Elaborada pelo professor de História e desenvolvedor web Daniel Gomes Aguiar, o programa também beneficia quem não têm acesso à Internet em casa ou no celular. Esses alunos podem agendar um horário para usar os computadores das escolas. Os estudantes também têm a possibilidade de solicitar a presença de um professor para tirar suas dúvidas. Ao término das aulas no AVA, eles serão submetidos a uma avaliação presencial.

“Identificamos um grande número de acessos à noite e nos fins de semana. Isso comprova que o Ambiente Virtual de Aprendizagem está atingindo o objetivo de possibilitar aos alunos escolher o melhor momento do estudo”, afirma o desenvolvedor Web. Segundo Daniel, antes do programa ser implantado foi oferecida uma capacitação para os professores e os alunos bolsistas de tecnologia educacional do Print – Programa Pró-, que auxiliam os estudantes da Progressão Parcial no uso da plataforma.

O ProVirtual é um dos projetos desenvolvidos pela Coordenadoria de Formação e Acompanhamento Pedagógico da Secretaria de Educação.

Você pode gostar