Missão palestina visita unidades de pesquisa no Norte Fluminense

Técnicos conheceram ações de conservação de água e solos do programa Rio Rural

Por O Dia

Rio - Dez pesquisadores do Ministério da Agricultura da Palestina conheceram unidades de pesquisa participativa implantadas pelo programa Rio Rural, da Secretaria de Agricultura, no Norte Fluminense. O objetivo foi mostrar tecnologias de manejo sustentável e conservação de solo e água, adaptáveis às condições ambientais e agrícolas palestinas.

A comitiva visitou propriedades rurais nos municípios de São João da Barra e Quissamã, onde o Rio Rural implantou um sistema de produção agroecológica circular, conhecido como mandala, além de uma barragem subterrânea – que possibilita reservar água sob o solo, para uso na lavoura e pastagem. As duas unidades de pesquisa foram instaladas pela Pesagro-Rio (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro).

A visita foi articulada pelo governo brasileiro e coordenada pelo Departamento de Transferência de Tecnologias da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Em São João da Barra, o pesquisador José Márcio Ferreira, da Pesagro-Rio, mostrou os resultados de um sistema de produção em solo arenoso.

"Não usamos agrotóxicos e diminuímos o uso de adubo químico, com o aproveitamento de resíduos orgânicos", disse José.

Os visitantes pediram informações sobre as fontes de água utilizadas na plantação e a média de precipitação pluviométrica. Segundo Husam Tyseer, membro do Ministério da Agricultura da Palestina, a precipitação de chuvas é menor do que no semiárido brasileiro. "Queremos um dia também poder recebê-los em nossa capital", afirmou Tysser.

Últimas de _legado_O Dia no Estado