Empresa de óleo e gás gera 250 empregos em Macaé

Americana NOV investe R$ 250 milhões na construção de fábrica para atender mercado offshore até maio de 2015

Por O Dia

Rio - A americana National Oilwell Varco (NOV) está investindo R$ 250 milhões, em Macaé, na aquisição de área e na construção de uma fábrica de riser (equipamento utilizado nas sondas de perfuração). Já trabalham na construção 250 operários. Atualmente, a empresa possui 550 funcionários na área administrativa e a meta é chegar a 800 profissionais, quando a obra ficar pronta.

No local também funcionarão mais cinco prédios, com parte administrativa e as demais ligadas à fabricação, manutenção e venda de ferramentas utilizadas na exploração de óleo e gás. Serão ao todo cinco fábricas e um prédio administrativo localizados no Polo Industrial - Condomínio Bellavista, em Imboassica.

As fábricas estarão voltadas para a produção, manutenção e venda de equipamentos e ferramentas utilizadas na exploração de óleo e gás. O coordenador do projeto da NOV, José Nolasco, adiantou que a previsão de início de operação da fábrica de riser é maio de 2015 e, as demais unidades, dezembro de 2015.

Além de gerar empregos, a NOV promoveu a arrecadação para o município de R$ 6.633.706,12 em Imposto Sobre Serviços (ISS), de 2012 a 2014. No Brasil, a empresa tem 2.300 funcionários, só em Macaé são 1.258.

A coordenadora de licenciamento da NOV, Daniela Oliveira, ressaltou a importante colaboração da Prefeitura de Macaé para a concretização deste novo investimento da empresa. "A tramitação do processo, desburocratizando e agilizando a aprovação das licenças para a operação da empresa por parte da prefeitura, contribui para que o projeto se concretize", pontuou.

"Nesse momento em que todos falam da incerteza do cenário econômico nacional, o governo se volta para dotar a cidade de infraestrutura, focando também na questão social, que é a manutenção de empregos no município. Por se mostrar como um polo do setor offshore de petróleo e gás, Macaé continua a ser um celeiro de oportunidades para investimentos, consequentemente, geração de empregos", disse o secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Vandré Guimarães.

O secretário de Ambiente, Gerson Lucas Martins, também estava presente à reunião e se mostrou disponível a ajudar o processo de licenciamento junto ao Governo do Estado.


Últimas de _legado_O Dia no Estado