Por eduardo.oliveira

Rio - Mais de 50 moradores de Maricá fizeram um protesto no final da manhã desta segunda-feira (16) de Carnaval em frente à sede da Ampla após ficarem mais de 24 horas sem o fornecimento de energia elétrica.

A reivindicação chegou a interditar por mais de três vezes a rua Abreu Rangel entre as ruas Ataíde Parreiras e rua Senador Macedo Soares.

Alguns moradores disseram que estão desde às 10h30 de domingo (15) sem fornecimento de energia elétrica.

Policiais Militares da 4º CIA estiveram no local para evitar tumultos e tentar liberar as pistas.

Por volta das 12h, uma equipe da Ampla atendeu uma comissão de moradores e se prontificou a estabelecer o fornecimento de energia elétrica, que se deu por causa do temporal da noite de domingo e por conta da sobrecarga na rede devido ao Carnaval. 

Em nota, a Ampla afirmou que está restabelecendo a energia nos bairros gradativamente e aumentaram as equipes de emergência na região.

"A Ampla informa que está trabalhando para normalizar o fornecimento de energia dos clientes afetados pela chuva que atingiu a Região Metropolitana do Rio de Janeiro na noite de domingo (15). Os fortes ventos, a chuva intensa e a incidência de cerca de 12 mil raios causaram a interrupção do serviço em alguns pontos de Niterói, São Gonçalo, Magé, Itaboraí e Maricá. Houve queda de árvores sobre a rede elétrica, deixando muitos cabos partidos. A distribuidora ressalta que reforçou o atendimento emergencial, com equipes extras que estão trabalhando para restabelecer o serviço por completo", disse a nota.


Você pode gostar