Projeto de expansão urbana de Angra prevê 10 mil empregos

Estacionamento, novas áreas verdades, marinas, prédios residenciais e shopping estão previstos na área central da cidade

Por O Dia

Angra dos Reis - Um projeto que propõe o fim da desordem urbana em Angra dos Reis, com uma série de ações a serem desenvolvidas para melhorar a infraestrutura da região central da cidade, foi apresentado na última segunda-feira (9), durante encontro "Pacto pelo desenvolvimento da cidade", realizado pela Câmara Municipal de Angra dos Reis no Auditório da Defesa Civil.

O projeto de expansão urbana e recuperação ambiental da enseada do São Bento foi elaborado pelo arquiteto e urbanista Otacílio Saboya e pode ser a maior intervenção urbanística do Centro de Angra. A iniciativa contempla o aumento do número de vagas de estacionamento, a ampliação das áreas verdes, a diminuição da poluição visual, a criação de marinas e a construção de apartamentos, de lojas comerciais e um shopping. Ao todo, deverão ser criados 10 mil empregos diretos durante o desenvolvimento do projeto e 5 mil fixos depois de pronto.

O encontro, que reuniu a prefeita Conceição Rabha, secretários municipais, vereadores e representantes de diversos segmentos da sociedade, fez parte do movimento “Um Pacto pela Cidade”, proposto pelo presidente do Legislativo, Marco Aurélio Vargas. A apresentação do projeto foi feita pelo engenheiro Mário Márcio da Costa Lemos. 

Projeto depende de Docas, diz prefeita

A prefeita Conceição Rabha se disse empolgada com a apresentação. "É realmente um projeto lindo, que eleva a autoestima da população, mas, para ser iniciado, existem vários passos a serem dados. Dentre eles está a conversa com Docas, que hoje se considera proprietária de grande parte das áreas que serão utilizadas na realização do projeto", ressaltou a prefeita.

"Demos um ponta pé inicial para que este sonho vire realidade. Só assim poderemos fazer alguma coisa para um futuro melhor para a nossa cidade", disse Marco Aurélio que, na última semana, propôs a criação de uma Comissão Temporária Especial para avaliação do desenvolvimento do cenário econômico municipal. Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Valter Nei, a reunião das várias representações da cidade em prol de um projeto tão grandioso é de extrema importância para o município.

Aeroporto sai no segundo semestre

Conceição Rabha aproveitou a reunião para informar que esteve em Brasília, reunida com o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, e garantiu para o começo do próximo semestre o início das obras de ampliação e modernização do aeroporto da Japuíba.

Outra notícia dada pela prefeita foi a licitação, que já está em sua fase final, para a troca do mobiliário urbano da cidade. Além disso, já está em vias de serem iniciados o novo projeto de saneamento e o projeto de iluminação pública da região central, que ganhará lâmpadas de LED. Finalizando, Conceição também falou sobre o lançamento do edital, que acontecerá em breve, para o estacionamento rotativo do Centro da cidade.

No final da reunião, foi marcado um novo encontro para o dia 8 de abril, quando será criado o Conselho da Cidade, que discutirá e acompanhará todos os passos para a execução do projeto de revitalização do Centro de Angra.

* Com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara de Angra

Últimas de _legado_O Dia no Estado