Angra dos Reis ganha nova sede para educação de jovens e adultos

Novo espaço terá 3 salas de aula, laboratório de informática, biblioteca e refeitório

Por O Dia

Angra dos Reis (RJ) - A Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia e a Fundação Cederj inauguram nesta quinta-feira (26), às 19h, a nova estrutura do Pólo Ceja (Centro de Educação de Jovens e Adultos) de Angra dos Reis, na região da Costa Verde. O novo prédio passa a ocupar uma área de mais de 700m², contra os 40m² do espaço anterior. Em funcionamento desde 2012, o antigo Supletivo já atendeu cerca de 3 mil alunos. A nova sede, localizada no centro de Angra dos Reis, na Rua Coronel Carvalho, 230, tem três salas de aula, cada uma delas com cinco cabines de atendimento individualizado; laboratório de informática; biblioteca; refeitório; secretaria; salas de professores, de aplicação de provas e diretoria.

Os Cejas são escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado do Rio de Janeiro, destinadas a jovens e adultos que estão fora da idade escolar e que desejam concluir o Ensino Fundamental e o Ensino Médio. Durante muito tempo, foram conhecidos como Centros de Estudos Supletivos (CES) e hoje estão sob administração da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj).

"A educação de jovens e adultos é um projeto estratégico para o governo, pois tem forte impacto social e econômico. A formação de nível médio abre um grande gama de oportunidades de trabalho para as pessoas, além da possibilidade de continuar se qualificando através de cursos técnicos da rede Faetec. Ou seja, além de qualidade de vida para o cidadão, a educação faz com que o nosso estado tenha uma mão de obra mais preparada, atraia empresas e gere mais riqueza, criando um círculo virtuoso que é bom para todos", afirmou o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca.

Quem pode estudar no Ceja?

O segundo segmento do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) é voltado àqueles que têm pelo menos 15 anos de idade e concluíram o primeiro segmento (1º ao 5º ano). Já o Ensino Médio é destinado a quem possui no mínimo 18 anos e aos que não alcançaram média suficiente no Enem.

Últimas de _legado_O Dia no Estado