Greve de servidores em Angra completa uma semana

Funcionalismo cobra 10,18% de reajuste e reclama de atraso nos salários. Prefeitura alega que não pode dar aumento

Por O Dia

Angra dos Reis (RJ) - A greve dos servidores públicos de Angra dos Reis completa uma semana nesta quarta-feira (8). Eles reivindicam um reajuste salarial de 10,18%, mas a prefeitura afirma que não tem condições de conceder nenhum reajuste esse ano. Para agravar ainda mais a crise, os funcionários estão com o salário de março atrasado.

Funcionários públicos de Angra dos Reis em greve fazem protesto na porta da prefeituraDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

"Ninguém recebeu. Somente os aposentados receberam na data correta. Estamos com o salário artasado desde o final do mês passado, quando deveríamos ter recebido. Nossa Páscoa foi sem dinheiro.Uma falta de respeito com os servidores", conta Ana Maria Bezerra Barbosa, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis.

O secretário de governo do município, Robson Marques, disse que a prefeitura não tem como dar qualquer reajuste este ano. "Estamos num momento muito delicado. A arrecadação caiu e não há a menor possibilidade de concedermos um reajuste aos nossos servidores este ano".

A greve já afeta a vida da população da cidade, especialmente no que se refere às escolas, pois vários profesores aderiram ao movimento e boa parte dos alunos estão sem aulas. Joana da Ponte, comerciante, reclama que suas duas filhas estão sem aulas. "Isso não pode. A gente entende a situação dos servidores, mas nossas crianças não podem ficar sem aulas".

Manifestação

Na tarde desta terça-feira (7), um grupo de cerca de 50 servidores se reuniu em frente ao prédio da prefeitura. Com microfones e altos falantes, os servidores gritavam palavras de ordem e chamavam a atenção da população para o problema. A manifestação foi pacífica.

O secretário de Administração, Jorge Acílio, atendeu um grupo de manifestantes em seu gabinete e prometeu uma reunião para a tarde desta quarta-feira com outros secretários e uma outra com a presença da prefeita Maria da Conceição na próxima segunda-feira.

O grupo que foi recebido pelo secretário, ao retornar para a praça em frente à prefeitura, transmitiu as informações aos servidores que aguardavam a conversa. Ficou decidido, ainda, que nesta quarta-feira (7) será realizada uma passeata no Centro da cidade durante o dia. Na quinta-feira (8), os servidores realizarão mais uma assembleia, às 17h30, no Clube comercial, no Centro.

Últimas de _legado_O Dia no Estado