Por vinicius.amparo

Rio - O projeto "Café Social", que foi inaugurado na Praça Luiz Palmier, no Centro de São Gonçalo, na região Metropolitana, comemora um ano. O quiosque, que funciona de segunda à sexta-feira, bateu a marca de 360 mil desjejuns. O projeto foi elaborado pela secretaria de Desenvolvimento Social, Habitação e Infância e Adolescência, que já anuncia a inauguração de um segundo ponto, que ficará em Alcântara.

“Comemoramos um ano de sucesso do projeto. Nossa meta agora é a inaugurarmos a nova unidade do café social, no bairro Alcântara, devido a aprovação popular. O projeto foi criado para atender principalmente o trabalhador gonçalense, que sai de casa muito cedo.” ressaltou o prefeito Neilton Mulim.

O Café Social, que atende das 5h às 8h da manhã, oferece três tipos de desjejum por apenas R$0,50. O primeiro kit é composto por 01 copo de café adoçado com açúcar ou adoçante, 01 pão careca com margarida recheado com queijo ou presunto e 01 fruta. O segundo contém 01 copo de chocolate quente adoçado com açúcar ou adoçante, 01 pão careca com margarida recheado com queijo ou presunto e 01 fruta. E o terceiro Kit corresponde a 01 copo de refresco, 01 pão careca com margarida recheado com queijo ou presunto e 01 fruta.

Para a secretária da pasta, Ana Cristina Silva, o sucesso do quiosque é obtido por um trabalho de planejamento e em conjunto com a população.

“Ao todo, são servidos cerca de 1.400 desjejuns diariamente, 7.000 por semana e 28.000 por mês. Esse é um dos projetos sociais mais importantes do nosso governo”, garantiu a secretária.

Você pode gostar