Por vinicius.amparo

Macaé (RJ) - O município de Macaé, no Norte Fluminense, se prepara para expandir seu número de leitos na rede municipal de saúde. Com a inauguração do anexo do Hospital Público Municipal (HPM), prevista para o final do semestre, serão mais cem vagas públicas, das 279 existentes, o que representa um aumento de 36%, em média. Além disso, atualmente, a rede física pública de saúde tem 80 estabelecimentos que contribuem para o bem estar da população e a qualificação do atendimento em Macaé.

Entre as ofertas de serviço de saúde estão nove unidades de emergência 24h, sendo uma pediátrica, oito unidades básicas de saúde, dois centros de especialidades, dois núcleos de atendimentos e 28 equipes de Estratégia Saúde da Família.

Uma das prioridades da gestão municipal é a expansão da Atenção Básica com ampliação das equipes da Estratégia Saúde da Família. A meta para este ano é que a cidade seja contemplada com mais nove equipes. No projeto global de ampliação, a longo prazo, está previsto o aumento da cobertura de 38% para 70% da população. Com isso, a perspectiva é a atuação de 59 equipes.

Novo anexo

O novo prédio do HPM possui estrutura pré-moldada e terá dois pavimentos com setores de politrauma, pronto atendimento, emergência, enfermarias adulta e pediátrica, observação e Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) e uma passarela interligando ao HPM. A entrada será do lado da estrada da Virgem Santa, com rampa para ambulâncias e acessibilidade. A obra do anexo, no valor de R$ 12 milhões, utiliza recursos do município e tem 4,2 metros quadrados de área construída.

Estão sendo comprados para a unidade: tomógrafo, endoscópio e aparelho radiológico. Em média, o hospital já realiza 20 mil atendimentos/mês e conta com 22 especialidades de plantão 24 horas.

Você pode gostar