Volta Redonda vai inaugurar elevatória para ampliar abastecimento de água

Obra vai acabar com abastecimento compartilhado que ocorria para os bairros Roma I, Roma II, São Francisco de Assis, Parque das Garças, Rio das Flores e Condado do Ipê

Por O Dia

RIO – A prefeitura de Volta Redonda inaugura neste sábado a Elevatória de Água Potável Paulo Fernandes, que vai ampliar a rede de abastecimento de água potável para os bairros do Complexo Roma. Com o investimento de R$ 1,8 milhão, a obra irá acabar com o abastecimento compartilhado que ocorria para os bairros desta região – Roma I, Roma II, São Francisco de Assis, Parque das Garças, Rio das Flores e Condado do Ipê - e os bairros Conjunto Residencial Vila Rica e Jardim Belvedere.

Conforme explicou o diretor executivo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda (Saae-VR), Paulo Cezar de Souza, o que vai ocorrer é que com esta ampliação da rede vai terminar o compartilhamento de distribuição de água que ocorria entre esses bairros. “Agora teremos um sistema independente e vamos fornecer água potável 24 horas por dia para o Complexo Roma e também para o Jardim Belvedere”.

O diretor também explicou que todo o sistema será controlado por registros, e caso haja algum problema na rede, o Saae-VR poderá voltar ao modelo da distribuição antiga e garantir o fornecimento de água. “Temos registros em vários pontos da rede e em casos de problemas como vazamentos e manutenção, podemos desligar este sistema e voltar ao que operávamos antes e assim todos também terão o abastecimento garantido”, afirmou o diretor.

Para a concretização do serviço foram realizados 1.900 metros de nova tubulação na Rodovia dos Metalúrgicos; construção de um reservatório de 800 mil litros e uma estação elevatória (casa de bombas) de água potável. A cerimônia de inauguração da Elevatória acontece às 10 horas, na Rua Capitão Benedito Lopes Bragança, ao lado do posto de saúde do bairro São Geraldo.

Últimas de _legado_O Dia no Estado