Cinema sustentável realiza sessões gratuitas em Seropédica e Japeri

Projeto CineSolar, primeiro cinema móvel do Brasil que utiliza energia solar para exibir filmes, inicia temporada itinerante que passará por várias cidades brasileiras

Por O Dia

Rio - A partir de abril, o CineSolar inicia seu mais novo circuito itinerante. As cidades de Seropédica e Japeri, ambas no estado do Rio de Janeiro, serão as primeiras a receber sessões gratuitas do primeiro cinema solar do país, respectivamente, nos dias 27 e 28. Além das exibições dos longas O Palhaço, de Selton Mello, e O Menino no Espelho, de Guilherme Zenha, a iniciativa promove sessão de cinema infantil, além de uma oficina de produção audiovisual para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos.

O projeto promove a segunda temporada do circuito nacional a partir de abril. Durante a programação serão realizadas exibições de curtas e longas-metragens, além de oficina de cinema com a produção de um vídeo de bolso. Todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público e contam com o apoio das prefeituras das cidades.

“O Brasil tem um incrível potencial em energias renováveis. E por que não se beneficiar no campo do entretenimento, das artes e da cultura? Nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, explica Cynthia Alario, idealizadora e coordenadora do CineSolar.

Esta segunda edição do projeto atingirá as cinco regiões do país. A ideia é democratizar e ampliar o acesso ao cinema brasileiro para os lugares que não têm salas de cinema comerciais ou carência de equipamentos culturais. Serão visitadas cidades dos estados de Goiás, Pará, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Tocantins e Mato Grosso até julho.

Mais informações em: www.cinesolar.com.br

Últimas de _legado_O Dia no Estado