Forró na feira de Caxias é suspenso por liminar a pedido do MP

Evento é realizado no centro da cidade, próximo ao Hospital Daniel Lipp, causando desconforto aos pacientes

Por O Dia

RIO - A Justiça deferiu pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para suspender atividades musicais do evento Forró na Feira, em Duque de Caxias. A liminar foi concedida em ação civil pública ajuizada pela 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Duque de Caxias, pelo juízo da 3ª Vara Cível de Duque de Caxias.

O conhecido evento é realizado no centro da cidade, na Avenida Presidente Vargas, próximo ao Hospital Daniel Lipp, causando desconforto aos pacientes, além de incomodar os moradores com poluição sonora. Laudos de emissão de ruídos foram anexados ao processo.

O promotor de Justiça Jose Marinho Paulo Junior, subscritor da ação, sugeriu mudança de local do evento. "Assim como eventos culturais são desejados em nossa cidade, há sempre o limite do respeito ao outro. Qualquer que seja o tipo de música tocada - e a liminar veda todos eles -, deve-se ter, no miíimo, compaixão com quem enfrenta dor, doença e morte no hospital ali perto. Certamente haverá outro lugar nesta grande cidade em que o evento será acolhido, sem transtornos que hoje existem", ressaltou.

Últimas de _legado_O Dia no Estado