Antiga fazenda vira museu em Bom Jardim

Casarão pertencia a um dos maiores plantadores de café do século XIX

Por O Dia

Foi inaugurado hoje, no município de Bom Jardim, Região Serrana, o Museu Fazenda Luiz Correa da Rocha Sobrinho, antiga Fazenda Bom Jardim, desapropriada pelo governo do estado. O Estado investiu R$ 3 milhões na desapropriação e obras de adaptação para o museu. Além disso, também foi construído um teatro para 150 pessoas na antiga usina de café da Fazenda Bom Jardim. Os recursos são do Programa Somando Forças, da Secretaria estadual de Obras.

Construído no fim do século XIX pelo "coronel" Luiz Corrêa da Rocha Sobrinho, um dos maiores plantadores de café do estado na época, o casarão é a segunda sede da então Fazenda Bom Jardim, onde foi criado o distrito de Bom Jardim que, posteriormente, se tornou cidade.

A fazenda era também um dos principais núcleos econômicos do município, uma vez que o proprietário, além de produtor, era grande comprador e revendedor de café. A sede da fazenda também já abrigou a usina e torrefação do café Luco e fábrica de vinho de laranja Lágrima de Nossa Senhora, além de sede do laboratório de pesquisa da fábrica de caramelos Buzi.

Além de preservar a história da cidade com a exposição de documentos, exemplares de jornais publicados na região desde o século XIX e a catalogação de fotografias, o local tem grande importância histórica.

Últimas de _legado_O Dia no Estado