Meriti controla gastos na saúde com ponto biométrico

Com isso, salários para médicos e enfermeiros também aumentam, garante prefeitura

Por O Dia

São João de Meriti (RJ) - Para controlar melhor a folha de ponto e reduzir gastos, a Prefeitura de São João de Meriti implantou o ponto biométrico na Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com a prefeitura, o sistema de alta tecnologia, é a prova de fraudes com moldes de impressões digitais feitas de silicone, o que impede pessoas mal-intencionadas de baterem ponto para terceiros.

Para o o secretário municipal de Administração, Maik Matta, a população do município só tem a ganhar com a coibição dessa prática ilegal. “Com o controle maior da folha de ponto, nós conseguimos diminuir os custos e oferecer melhores condições para os servidores da área”, disse.

Ainda segundo o secretário, a implantação do ponto biométrico, que começou a ser usado há 11 meses, reduziu os gastos no orçamento da Saúde em aproximadamente 40%, possibilitando o aumento de salário dos funcionários da área.

O salário de médico plantonista aumentou de R$ 6.800 para R$ 9.000, passando a ser o segundo maior salário pago para a função por uma prefeitura da Baixada Fluminense. O salário de enfermeiro plantonista aumentou de R$ 1.200 para R$ 2.000; e o salário de técnico de enfermagem plantonista aumentou de R$ 750 para R$ 1.200.

Últimas de _legado_O Dia no Estado