Universitários já se preparam para atuar na Olimpíada 2016

Estudantes de universidades do Rio vão participar de programa que vai capacitar os jovens para a transmissão dos Jogos

Por O Dia

Rio - A Olimpíada já começou para estudantes de seis universidades do Rio. Ao todo, 1.250 serão escolhidos para participar do Broadcast Training Programme, oferecido pelo Olimpic Broadcasting Services (OBS), que é o responsável direto por toda a captura e transmissão das imagens dos Jogos. São vagas remuneradas em 12 áreas de atuação para os selecionados no treinamento.

Os inscritos passarão por um sistema de seleção, que inclui bons conhecimentos em inglês e experiência anterior com as tecnologias que serão usadas nas transmissões. Os workshops serão oferecidos entre o final de outubro e o início de novembro nas seis instituições: ESPM, Uerj, Facha, PUC, Cefet e Unigranrio, de Duque de Caxias. Outra universidade de São Paulo também foi selecionada.

Professores de Comunicação Social da Unigranrio vão começar a capacitar os candidatos às vagas a partir do dia 16. Para Aline Gomes, aluna do 6º período de Jornalismo da universidade, pré-selecionada para auxiliar de áudio, a oportunidade de estar na Olimpíada é seu grande sonho, que agora está perto de se realizar. “Eu já tinha o desejo de trabalhar no evento, tanto que me inscrevi como voluntária. Agora eu posso vivenciar esse momento superimportante para mim e para o país e fazendo o que eu sempre quis fazer”, afirmou.

Para Laís Dantas, do 6º período de Publicidade e Propaganda, pré-selecionada para assistente de câmera, a chance pode lhe render bons frutos: “Isso enriquece o meu currículo, pois é um desafio enorme e mais ainda por ser um outro idioma”, enfatizou. “É uma grande oportunidade estar perto de grandes profissionais da área, adquirindo networking e construindo amizades".

Perto de se formar, Philippe Seabra, do 8º período de Publicidade e Propaganda da Unigranrio, se sentiu surpreso ao receber a confirmação de que estava pré-selecionado para a Operação de Sistemas de Comentários e acredita que a experiência será inesquecível.

“Felicidade é pouco para expressar tudo o que acaba de acontecer na minha vida. Eu acredito que será uma experiência incomparável, a de atuar neste segmento, principalmente pelo fato de conviver com atletas do mundo inteiro, numa Olimpíada dentro do Brasil”, concluiu.

Reportagem de estudantes de Jornalismo que integram o projeto O DIA/Unigranrio

Últimas de _legado_O Dia no Estado