TCE reduz em R$ 100 mil custo de UPA em Nova Friburgo

Edital de licitação para construir unidade permanece adiado até que prefeito atenda alterações sugeridas

Por O Dia

Rio - A população de Nova Friburgo, na Região Serrana, vai ter que esperar mais um pouco para contar com uma nova Unidade de Pronto-Atendimento no prédio anexo do Hospital Municipal Raul Sertã. O edital de licitação do Fundo Municipal de Saúde para contratação da empresa que construirá a UPA 24 horas continuará adiado até que o prefeito Rogério Cabral atenda integralmente às determinações do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ).

Após diversas alterações no edital determinadas pela Corte de Contas, o valor da obra foi reduzido de R$ 2.746.759,74 para R$ 2.646.691,95, gerando uma economia de R$ 100.067,79 aos cofres públicos. A decisão dos conselheiros do TCE-RJ foi tomada na sessão plenária desta terça-feira (18), seguindo o voto do conselheiro-relator José Mauricio de Lima Nolasco.

Além de manter suspenso o edital de licitação, o prefeito terá que apresentar o projeto básico da obra com as definições das estruturas e fundações. Rogério Cabral foi instado, ainda, a identificar os tipos de revestimentos dos pisos, paredes e tetos e a publicar e encaminhar ao TCE a errata com alterações das regras do edital.

Dentre as alterações determinadas pelo TCE-RJ e cumpridas pelo prefeito está a inclusão no projeto do local de construção do sistema de ar-comprimido e do reservatório de água.

Procurada pelo DIA, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Nova Friburgo ficou de encaminhar um posicionamento oficial a respeito.

Fonte: TCE-RJ

Últimas de _legado_O Dia no Estado