Por bferreira
Publicado 28/11/2015 03:30 | Atualizado 28/11/2015 03:32

Rio - Pelo menos três mil paratletas participaram da abertura da 20ª edição das Olimpíadas para Pessoas com Deficiência (Olimpede VR), na tarde desta sexta-feira, em Volta Redonda, no Sul Fluminense. O evento é considerado o maior do gênero no país.

A festa, no Ginásio Poliesportivo da Ilha São João, começou às 15h, com desfile das 142 delegações das entidades que vão participar da competição, ao som da Banda Municipal regida pelos maestros Gerson Costa e Rinaldo Galvão. As equipes vão representar 51 municípios de cinco estados brasileiros – Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Pará. A cerimônia contou com a presença do senador Romário e sua filha, Ivy – portadora da síndrome de Down.

Pelo menos três mil paratletas participaram da abertura da OlimpedeDivulgação

Romário e a filha foram convidados a acender a Pira Olímpica, após três atletas especiais do Programa 2º Tempo da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer – Diego, Sandro e Adriano – conduzirem a Tocha Olímpica até o senador. Foi um dos momentos mais emocionantes da cerimônia, ao som de músicas interpretadas pelo cantor voltarredondense Petter. Alunos participants do projejo Segundo Tempo, de ballet, dança moderna, ginástica olímpica, basquet e taekwondo, participaram da cerimônia, assim como os grupos do Viva Melhor Idade, que reúne pessoas com mais de 50 anos; além da equipe de badminton da Secretaria Municipal de Educação.

PROVAS

As provas de atletismo são caminhada de 25 metros; corrida de 100 metros; salto em distância sem corrida; arremesso de peso; e lançamento de pelota. O ginásio da Ilha São João vai receber jogos de tênis de mesa; arremesso à cesta; e futsal. Os cadeirantes fazem ainda prova de pistas, com caminhadas de 25 metros. Haverá também caminhadas de 25 metros com muletas. São realizadas ainda partidas de dama, xadrez e dominó, além de disputas de cabo de guerra, voleibol especial e futsal.

Você pode gostar