Câmaras de vereadores devolvem dinheiro para os cofres públicos

Na contramão dos problemas financeiros gerais, câmaras economizaram e devolvem verbas para serem reinvestidas

Por O Dia

Rio - O ano começou há pouco tempo, e a palavra mais dita de 2015 — crise — não saiu da boca dos governantes Brasil adentro. Na contramão dos problemas financeiros gerais, câmaras de Vereadores do Estado do Rio conseguiram dar o bom exemplo, economizaram e agora estão devolvendo dinheiro para prefeituras reinvestirem a verba não utilizada em áreas como saúde, educação e transporte.

Em pelo menos cinco municípios (na capital, Maricá, Itaperuna, São Pedro da Aldeia e Quatis) o total devolvido pelos vereadores soma R$ 105 milhões. Só no Rio, conta o presidente da Câmara, Jorge Felippe (PMDB), foram economizados R$ 100 milhões em 2015, valor repassado para a prefeitura e que só poderá ser usado em projetos e programas nas áreas de saúde e educação, de acordo com decreto legislativo aprovado no fim de 2015. “Em 2014, doamos R$ 130 milhões, usados na construção de clínicas da família. São recursos para a população”, afirmou.

Cheque gigante simbólico foi usado na devolução de R%24 488 mil à Prefeitura de São Pedro da AldeiaDivulgação

Em outras cidades, como Itaperuna, as câmaras dão o dinheiro às prefeituras, e cabem a elas a decisão sobre o investimento. No caso da cidade do Noroeste Fluminense, foram devolvidos R$ 2,1 milhões em 2015. Em São Pedro da Aldeia, o prefeito Cláudio Chumbinho (PT) terá mais R$ 488 mil, referente às sobras do repasse feito pelo Poder Executivo aos vereadores. Em Quatis, além de R$ 220 mil, a prefeitura também receberá um carro doado pelos vereadores.

Nova frota pública de ônibus em Maricá

?O prefeito de Maricá, Washington Quaquá (PT), já decidiu onde irá gastar os R$ 2,2 milhões economizados pela Câmara de Vereadores e repassados ao município no final do ano passado. Vai usá-los na compra de dez micro-ônibus para a frota da Empresa Pública de Transportes (EPT), que tem tarifa zero e está em funcionamento no município há dois anos.

“Enquanto aumentaram as passagens em todo canto, eu não dei aumento para empresa privada. Eles só querem lucro. Esse dinheiro vai ser usado para ônibus novos, modernos, que serão colocados nas linhas gratuitas da cidade”, afirmou o prefeito durante a gravação do programa ‘Jogo do Poder’, que vai ao ar hoje, às 23h15, na ‘Rede CNT’.

Segundo Quaquá, os novos ônibus, conhecidos na cidade como “vermelhinhos”, vão atender bairros afastados do Centro, onde o transporte público é principalmente feito por empresas privadas. Ele quer acabar com a concessão para operar da Costa Leste, uma das empresas que atuam na cidade. “Só tem ônibus velho nessa empresa e não se atende a população. Vamos assumir em março essa concessão, os coletivos estão caindo aos pedaços”, destacou. “Vamos ‘comer’ as empresas todas e transformar todo o transporte em público, em todas as linhas”, resumiu Quaquá.

Recursos devolvidos em Maricá reforçarão programa de ônibus grátisDivulgação


Últimas de _legado_O Dia no Estado