Segurança é reforçada em bairro de Cabo Frio durante os dias de carnaval

Oito policiais reforçam a segurança em Peró a partir de sexta-feira; bairro já conta com dez policiais

Por O Dia

Cabo Frio - A crescente onda de violência assusta cada vez mais moradores e empresários de Peró, em Cabo Frio. Para tentar reverter a situação e trazer segurança para a região, Carlos Cunha, presidente da Associação de Hotéis da cidade, se reuniu na segunda-feira, dia 1 de fevereiro, com o comandante do 25º BPM, tenente coronel André Henrique. O bairro já deve receber reforço no policiamento a partir dessa sexta-feira, dia 5. Há a promessa ainda de um novo encontro para definir outras estratégias de segurança. 

Reforço da segurança foi anunciado durante reunião entre a Associação de Hotéis e novo comandante da PM%2C tenente coronel André HenriqueDivulgação

"Neste verão tivemos uma queda absurda no policiamento do bairro: não se vê um guarda municipal transitando pelo local, e quase não se vê nenhuma viatura da PM. E nossa preocupação é que o público do carnaval é muito diferente do público do verão, e precisamos, sim, de mais atenção, tanto na temporada de folia quanto no restante do ano tendo em vista as constantes notícias de violência registradas no Peró", ressalta Carlos Cunha, proprietário de um dos principais hotéis da localidade. 

O comando do 25º anunciou que além dos 10 PMs, já escalados para fazer o policiamento, a partir desta sexta-feira até a terça de carnaval, entre 10 e 22 horas, outros oito farão o reforço. 

"Infelizmente não podemos fazer mais do que isso neste momento porque nosso efetivo é muito limitado. Estaremos com 300 policiais por dia fazendo a cobertura de toda a Região dos Lagos, num total de sete cidades, durante todo o carnaval", informa o comandante André Henrique. 

A implantação de um novo Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO), ou o remanejamento do atual para outro ponto do bairro, também foi assunto da reunião. Segundo o comandante, o espaço existente na Praça do Moinho não é o ideal já que há a necessidade de policiar as entradas e saídas do bairro pensando nas rotas de fuga. "Para isso um ponto estratégico seria próximo à entrada do bairro Cajueiro, na Estrada do Guriri”, explica. 

Outras sugestões também foram encaminhadas à corporação e serão discutidas em reunião com o secretário de Meio Ambiente, Serviços Públicos e Ordem Pública, Jailton Dias: a possibilidade de fechar o trânsito da orla da Praia do Peró durante o dia, da Praça do Moinho durante a noite, e de transformar em mão única as ruas do entorno da praça onde se concentra o maior fluxo de veículos nesta época do ano. 

Últimas de _legado_O Dia no Estado