Coluna da Esplanada: Divórcio do Ano

Um processo de divórcio sigiloso de US$ 130 milhões em curso no STJ pode render a entrada do FBI dos Estados Unidos

Por O Dia

Brasília - Um processo de divórcio sigiloso de US$ 130 milhões em curso no STJ pode render a entrada do FBI dos Estados Unidos. A ex-mulher de um poderoso político em Brasília descobriu muito dinheiro em contas off shore abastecidas pelas grandes empreiteiras brasileiras — suspeitas de serem de um pool de mandatários. Se o cenário piorar — e está a caminho disso — as empreiteiras correm risco de cair nas mãos da Securities and Exchange Comission dos EUA, e serem enquadradas na Dodd-Frank Act.

Sem ações
A lei Dodd-Frank Act, criada em 2010, pune empresas corruptas com multas e as proíbe de negociar ações em bolsas de valores para sempre.

Saliva judicial
A Associação Pátria Brasil protocolou denúncia contra o deputado federal Jean Wyllys no Conselho de Ética pela cusparada contra Jair Bolsonaro.

Bota-fora
O vice-presidente Michel Temer encomendou minuciosa planilha com os nomes de todos os apadrinhados do PT no Governo. E gastos com carros e alugueis.

Só na reza
O macumbeiro Bita do Barão, do Maranhão, está prestes a emplacar o segundo presidente sem votos. Seu famoso cliente é José Sarney, que indicou Temer para a reza.

Oi amigo..
O ex-presidente Lula pediu conversa com Michel Temer. Não há confirmação de que Temer vá atendê-lo – tampouco indícios de que Lula tenta salvar Dilma.

A la Kirchner
Os próximos da presidente Dilma garantem que não haverá transmissão do cargo, caso ela caia após o iminente afastamento. Será uma saída a la Cristina Kirchner.

Muitas emoções
O TRATO DE AÉCIO NEVES COM TEMER:
o PSDB não fará oposição a seu Governo. E os partidos formam chapa em 2018. Tem quem aposte que o PMDB indicará vice para Aécio. Há quem crave ‘traição’: Temer vai tentar a reeleição, com José Serra de vice.

Aécio e TemerDivulgação

Picadeiro
Na iminência da troca de Governo, os congressistas da base de Dilma espalham que a plaquinha na frente do Palácio será “Palhaço do Planalto”.

Lulus & vice
Animada com iminente ascensão de Temer, a bancada feminina do PMDB, capitaneada por Soraya Santos, prepara pauta propositiva para os direitos da mulher.

What else?
Depois da noticiada queda da ciclovia da morte, jornalistas americanos ligaram para amigos brasileiros. Estão com medo das obras do Rio; perguntam se haverá Olimpíada.

Crise & coração
A presidente Dilma deve antecipar seu check-up de fim de ano para julho, a pedido do seu médico, Roberto Kalil Filho. É que, todos sabem, o coração disparou.

Juntos e separados
O PMDB não rompeu com PT em Minas. Toninho Andrade, o vice do governador Fernando Pimentel, diz ‘aqui não tem isso’ — alusão a Dilma-Temer.

Só agora
Enfim, o ano começa na Câmara. Eduardo Cunha vai liberar a eleição para presidentes das comissões permanentes amanhã. Ele garante.. a previsão.

Intervenção
O senador Romero Jucá está incumbido de expulsar do PMDB o ex-ministro Marcelo Castro (PI) e a ministra da Agricultura (por ora), Kátia Abreu (TO).

Há vagas
O conselho procura um CEO no mercado. A ingerência política do PT e PMDB quebrou o Postalis, o fundo de pensão dos funcionários dos Correios.

Circo sem lona
Se o cidadão se apavorou com os artistas no plenário da Câmara no impeachment, é porque não viu o teatro que o Senado prepara com seus intelectuais.

Ponto final
O ministro da Presidência da Bolívia, um tipo de chefe da Casa Civil de Evo Morales, Juan Ramón Quintana, virou alvo da Polícia Nacional por suspeita de corrupção.

Coluna de Leandro Mazzini
contato@colunaesplanada.com.br

Últimas de Opinião