Por felipe.martins

Rio -  O último dia para entrega da declaração do Imposto de Renda 2016 foi 29 de abril. Quem tinha a obrigação de prestar contas com a Receita, mas não cumpriu o prazo, terá que declarar com multa a partir de 2 de maio. É importante enviar o documento para a Receita o quanto antes, pois a multa é calculada conforme o tempo de atraso.

A Receita Federal recebeu quase 28 milhões de declarações do Imposto de Renda de 2016. Cerca de 240 mil contribuintes perderam o prazo de entrega. <CW5>Das declarações entregues até o dia 30 de abril, já havia 716 mil contribuintes na “malha fina”, com o for<CS10.2>necimento de dados inconsistentes. A situação mais comum que faz o contribuinte ter sua declaração retida na “malha fina” é a omissão de rendimentos, conforme a Receita Federal.

PERGUNTA E RESPOSTA

“Não consegui entregar a declaração do Imposto de Renda no prazo. O que eu devo fazer? Pago alguma multa? Meu marido caiu na malha fina no ano passado e está com receio de ter caído novamente. Quando saberemos ? Ele será avisado?” , Andreia, Honório Gurgel

Se você perdeu o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2016, saiba que já estão disponíveis no site da Receita Federal as versões do programa para preenchimento da declaração em atraso ou retificadora.

A multa por atraso na entrega da declaração será de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, calculado sobre o imposto devido, com valor mínimo de R$ 165,74. A partir de 15 de maio, você poderá acompanhar o processamento de sua declaração por meio do Centro Virtual de Atendimento, o e-CAC, no qual dá para ver as principais pendências, corrigi-las e garantir a restituição. Para isso, basta fazer um cadastro e gerar um código de acesso.

É preciso ter os números do CPF e dos dois últimos recibos do IR. Quem declarou pela primeira vez precisará informar apenas o número do recibo da declaração enviada neste ano. Segundo a Receita, maior parte dos casos de contribuintes na malha fina decorre de erros ou divergências entre as informações da pessoa física e da fonte pagadora.


Você pode gostar