Obras do metrô do Rio cria brigada para combater o mosquito Aedes

Vistorias acontecem neste sábado, em canteiros de obra da Linha 4 do Metrô a da Expansão General Osório

Por O Dia

Rio - Os funcionários das obras do metrô do Rio -- Linha 4 e Expansão General Osório -- receberão treinamento para que possam se engajar na luta contra o mosquito transmissor da dengue, da febre chinkungunya e do Zika Vírus. Além de um mutirão para vistoriar os canteiros e o entorno das obras, que acontece neste sábado, serão realizadas palestras e distribuição de folhetos informativos e camisetas. O objetivo é formar multiplicadores que levem as lições para suas casas e comunidades.

O objetivo atual é extrapolar os limites dos canteiros e criar em todos a cultura do combate ao mosquito.Severino Silva / Agência O Dia

A brigada da Linha 4 do Metrô e da Expansão General Osório – obras do Governo do Estado do Rio de Janeiro executadas pela Concessionária Rio Barra e pela Construtora Norberto Odebrecht, respectivamente – vai se unir aos 220 mil militares das três Forças Armadas que atuarão durante o sábado em 356 cidades brasileiras.

Nos canteiros de obras, o cuidado para evitar criadouros do Aedes aegypti é permanente. Os empreendimentos aderiram à campanha “10 Minutos Salvam Vidas”, da Secretaria de Estado de Saúde, e realizam ações semanais de combate e conscientização. Além das visitas periódicas da equipe de Meio Ambiente, que buscam identificar e tratar qualquer tipo de ambiente propício à proliferação do mosquito, os próprios funcionários mantêm o espírito colaborativo e alertam seus superiores sobre qualquer recipiente que possa vir a acumular água.

De acordo com o Governo do Estado, as ações de combate ao mosquito são rotineiras, com palestras, distribuição de folhetos explicativos e cartazes pelos canteiros aos quase nove mil colaboradores. Para deixar a água imprópria para a larvas, os tonéis e as caixas d'água recebem cloro em pó e são identificados com adesivos para mostrar que ali não há foco do mosquito.

O controle de vetores é prática das obras do metrô carioca desde quando iniciadas, em 2010. O objetivo atual é extrapolar os limites dos canteiros e criar em todos a cultura do combate ao mosquito.


Últimas de Rio De Janeiro