Padrasto é preso acusado de estuprar enteada; vídeos comprovam crimes

Adolescente de 12 anos era abusada desde os 7 e gravou a ação do acusado, que foi preso na manhã desta sexta-feira

Por O Dia

Rio - Um homem foi preso, na manhã desta sexta-feira, por policiais da 20ª DP (Vila Isabel) acusado de estuprar a enteada, de 12 anos. De acordo com as investigações, a adolescente sofria abusos do padrasto desde os 7 anos de idade. A prisão foi possível após a menor filmar atos libidinosos e as tentativas de estupro contra ela. 

A prisão foi expedida pelo plantão judiciário após a apresentação das provas do crime, levadas pela família para os agentes que investigaram o caso. Segundo os relatos da menina, o padrasto cometia os abusos quando a sua mãe ia trabalhar e a obrigava a assistir filmes pornô sob o pretexto de que "ela tinha que aprender aquilo para fazer com ele". Ainda segundo a adolescente, a sua irmã, que morreu em 2014 aos 13 anos, também sofria abusos do padrasto.

Últimas de Rio De Janeiro