Homem é preso acusado de espancar e matar o próprio enteado

Marcos Daniel admitiu que ficou irritado quando bebê caiu da cama e começou a chorar. Por isso, deu socos e pontapés

Por O Dia

Rio - Após beber 10 litros de cerveja, Marcos Daniel Antero Gonçalves, de 18 anos, matou o próprio enteado, um bebê de um ano e 11 meses, em Valença, no Sul Fluminense. Ele foi preso nesta quinta-feira por agentes da 91ª DP (Valença), após confessar o crime, e teve expedida a prisão temporária de 30 dias por homicídio duplamente qualificado (por motivo fútil e total incapacidade de reação da vítima).

Em depoimento, Marcos Daniel disse que ficou irritado quando João Miguel Pereira Saldanha caiu da cama e começou a chorar na terça-feira. Por isso, o espancou com socos e pontapés. Ele ainda deu banho na criança para retirar as manchas de sangue.

A mãe, Jéssica Beatriz Pereira Saldanha, 16, contou que deixou o acusado sozinho com o bebê por meia hora e quando chegou a encontrou com o corpo desnudo e mole.

“Foi uma barbaridade. O acusado chegou a chorar dizendo que não tinha intenção de matar e era apenas para parar o choro”, disse o delegado Luciano Coelho dos Santos. Segundo ele, João Miguel sofreu lesões contundentes e até hemorragia hepática, devido à fratura na costela e perfuração do fígado.

Últimas de Rio De Janeiro