Tia Surica e Eduardo Paes trocam selinho na Sapucaí: ‘Ela é minha amante’

‘Fiz sede em Madureira para ficar perto dela’, brinca o prefeito

Por O Dia

Rio - Folião dos mais animados, o prefeito Eduardo Paes deu um beijo na boca de Tia Surica, 75 anos, integrante da Velha Guarda da Portela na Marquês de Sapucaí. A cena inusitada ocorreu durante o Desfile das Campeãs, na madrugada de domingo.

Eduardo Paes e Tia Surica trocaram selinho durante o Desfile das Campeãs%2C na madrugada do último domingoCacau Fernandes / Parceiro / Agência O Dia

Nesta segunda-feira, ao saber que O DIA havia flagrado a cena, ele entrou na brincadeira. “Surica é minha amante. Ela não quer assumir. Por que você acha que criei a sede administrativa da Prefeitura do Rio em Madureira? Para ficar mais perto dela”, brincou o portelense Paes, se referindo ao Palácio Rio 450 anos, inaugurado no ano passado.

O prefeito acompanhou o desfile de bermuda e com o paletó da Portela —, a terceira colocada na disputa — junto com os dois filhos, Isabela e Bernardo. Mas a primeira-dama, Cristine Paes, não precisa ficar enciumada, porque Tia Surica garante que é só amizade. “Ah, ele (Paes) tem um carinho grande por mim, me trata muito bem”, disse a expoente da Velha Guarda.

Sobre o resultado do Carnaval, o prefeito considerou justa a vitória da Mangueira. Não quis comentar a polêmica envolvendo denúncias de Laíla, diretor de Carnaval da Beija-Flor, sobre suposta manipulação de jurados, revelada pelo DIA. “Assunto da Liga (Liesa, Liga Independente das Escolas de Samba, entidade que organiza o desfile). Não tenho nada a declarar”, disse ele.

Tia Surica, classificou como frustrante o terceiro lugar da Portela, mas crê na superação. “Cumprimos nosso dever: fizemos um Carnaval digno. Cada jurado tem sua cabeça. Saímos da Marquês de Sapucaí aclamados como campeões. Somos o campeão do povo e a voz do povo é a voz de Deus”, disse a baluarte, satisfeita.

Últimas de Rio De Janeiro