Imprensa internacional repercute morte de turista em cartão-postal brasileiro

A argentina Laura Pâmela Viana, 24 anos, foi morta numa tentativa de assalto, na madrugada desta quarta-feira, na Praia de Copacabana, Zona Sul da cidade

Por O Dia

Rio - A morte da turista argentina Laura Pâmela Viana, de 24 anos, em uma tentativa de assalto, na Praia de Copacabana, Zona Sul da cidade e um dos principais cartões-postais do país, repercurtiu nos principais jornais de seu país natal. O La Nacion publicou matéria com o título "Mataron a una argentina de 24 años en un robo en una playa de Río de Janeiro", enquanto o Clarin escreveu "Asesinan a una mujer argentina en la playa de Copacabana".

LEIA MAIS: Turista argentina é morta na Praia de Copacabana em assalto

O canal de notícias TN, também da Argentina, disse que a vítima estava de férias na cidade com o marido e a filha de 4 anos. O mesmo canal destacou que ela foi morta "na famosa praia de Copacabana, no Río de Janeiro, cidade que este ano será sede dos Jogos Olímpicos".

Um dos principais jornais argentinos%2C o Clarín disse que a Praia de Copacabana%2C onde o crime ocorreu%2C fica no Centro do Rio de JaneiroReprodução
Outro jornal de grande circulação na Argentina%2C o La Nacion destacou que a jovem estava acompanhada de amigas na praia quando foi atacadaReprodução
O portal Infobae%2C da Argentina%2C publicou foto da fachada da Delegacia Especial de Apoio ao Turista%2C para onde suspeitos foram levadosReprodução



Últimas de Rio De Janeiro