Mulher ataca policial com seringa contendo sangue na UPP Nova Brasília

Soldado está sendo acompanhado pela equipe de infectologia do Hospital Central da Polícia Militar

Por O Dia

Rio - Uma mulher atacou um policial da UPP Nova Brasília, no Complexo do Alemão, com uma seringa contendo sangue. A suspeita teria se aproximado da viatura como se fosse pedir informações, mas quando o soldado abriu a janela ela o furou com a seringa.

De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), o policial foi atendido e submetido à profilaxia pós exposição ao HIV no Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio. O atendimento obedece o protocolo já estabelecido para este tipo de lesão onde a pessoa pode ter tido contato com o vírus da Aids.

O soldado está sendo acompanhado pela equipe de infectologia da unidade hospitalar. O comando da Polícia Militar está avaliando as circunstâncias do ataque e analisando as medidas necessárias para a proteção da tropa. 

Últimas de Rio De Janeiro