Polícia prende suspeito de matar criança e adolescente na Cidade de Deus

Na ocasião do crime, em dezembro do ano passado, criança de 7 anos também ficou ferida, mas sobreviveu ao ataque

Por O Dia

Rio - Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco/IE) prenderam nesta segunda-feira Leonardo de Lima Werneck, vulgo Léo Werneck, de 21 anos. Ele é acusado de ser um dos autores do duplo homicídio na Cidade de Deus, na noite do dia 23 de dezembro de 2015. Na ocasião, Breno de Souza Gomes, 17, e Marcos Vinícius dos Santos, 11, foram baleados e morreram. Duas pessoas, entre elas, uma criança de sete anos ainda ficaram feridos e sobreviveram.

Segundo os policiais da Draco, Leonardo foi preso no Instituto Médico Legal (IML), após tentar liberar o corpo da enteada. Os agentes da Draco, sob comando do delegado Alexandre Herdy, receberam uma informação anônima de que o criminoso iria para o local, já que a filha da namorada dele tinha falecido de causas naturais. Contra ele, que não resistiu à prisão, foi cumprido mandado de prisão pelo duplo homicídio. Um outro homem que estava com ele também foi conduzido para a Draco/IE, onde está sendo ouvido.

Polícia prende suspeito de matar criança e adolescente na Cidade de DeusDivulgação


Últimas de Rio De Janeiro

Polícia prende suspeito de matar criança e adolescente na Cidade de Deus O Dia - Rio De Janeiro

Polícia prende suspeito de matar criança e adolescente na Cidade de Deus

Na ocasião do crime, em dezembro do ano passado, criança de 7 anos também ficou ferida, mas sobreviveu ao ataque

Por O Dia

Rio - Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco/IE) prenderam nesta segunda-feira Leonardo de Lima Werneck, vulgo Léo Werneck, de 21 anos. Ele é acusado de ser um dos autores do duplo homicídio na Cidade de Deus, na noite do dia 23 de dezembro de 2015. Na ocasião, Breno de Souza Gomes, 17, e Marcos Vinícius dos Santos, 11, foram baleados e morreram. Duas pessoas, entre elas, uma criança de sete anos ainda ficaram feridos e sobreviveram.

Segundo os policiais da Draco, Leonardo foi preso no Instituto Médico Legal (IML), após tentar liberar o corpo da enteada. Os agentes da Draco, sob comando do delegado Alexandre Herdy, receberam uma informação anônima de que o criminoso iria para o local, já que a filha da namorada dele tinha falecido de causas naturais. Contra ele, que não resistiu à prisão, foi cumprido mandado de prisão pelo duplo homicídio. Um outro homem que estava com ele também foi conduzido para a Draco/IE, onde está sendo ouvido.

Polícia prende suspeito de matar criança e adolescente na Cidade de DeusDivulgação


Últimas de Rio De Janeiro