Professores da Uerj podem entrar em greve a partir desta terça-feira

Uma das reivindicações dos profissionais é o reajuste salarial. Eles farão assembleia no Campus da universidade, às 14h

Por O Dia

Rio -  A Associação de Docentes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) marcou uma assembleia para esta terça-feira, a partir das 11h, no Campus da faculdade, para decidir se os professores entrarão em greve. Os profissionais reivindicam reajuste salarial e discutirão também sobre o atraso das bolsas de estudos dos alunos, a dedicação exclusiva na aposentadoria e estratégias de luta pela defesa dos direitos trabalhistas.

O comunicado publicado no site da associação destaca que os professores deixaram de entrar em greve por diversas vezes, mas "o governo ainda não resolveu o problema". "Apesar da paciência e da persistência de nossa categoria, após dez meses de negociação o governo não resolveu o problema da aposentadoria e ainda anunciou que o reajuste do funcionalismo estadual seria de 0%, em duas parcelas: zero em 2015 e zero em 2016", reforçaram os organizadores na nota divulgada no portal.


Últimas de Rio De Janeiro