Padre Omar: Quem nunca fez besteira na vida?

Algumas vezes nos arrependemos e em outras o orgulho não deixa. Mas, por onde recomeçar?

Por O Dia

Rio - Quem nunca fez besteira na vida? O pior é que, muitas vezes, quando estamos fazendo tudo errado, não conseguimos enxergar isso e achamos estar fazendo as coisas do modo certo, conforme nossa vontade e nossos direitos, não é? Aí, só depois é que começamos a experimentar as consequências das nossas atitudes e conseguimos, então, perceber os erros. Algumas vezes nos arrependemos e em outras o orgulho não deixa. Mas, por onde recomeçar? O que fazer?

O Evangelho de hoje nos aponta um bom caminho... Se as circunstâncias nos levam a reconhecer que o que estamos passando não convém, não encaixa com quem somos, é humilhante, é preciso retomarmos o rumo da nossa história. Não podemos fingir que não enxergamos que as coisas estão erradas! E, a partir desse momento, temos que pegar o caminho de volta para o encontro conosco mesmo e com as pessoas que acrescentam vida — e não morte! — às nossas vidas.

O problema é que, numa situação assim, somos tomados por muitos sentimentos desencontrados, mas especialmente pela vergonha e pela falta de coragem. Como se vence esses monstros? Um bom exemplo está no pensamento e na decisão do jovem que havia gasto todos os seus bens, com uma vida vazia e desregrada, e que acabou cuidando de porcos sem sequer poder se alimentar com a ração dada àqueles animais:

“Vou-me embora, vou voltar para meu pai e dizer-lhe: ‘Pai, pequei contra Deus e contra ti; já não mereço ser chamado teu filho. Trata-me como a um dos teus empregados.’ Então ele partiu e voltou para seu pai.” (Lc 15,18-20a)

O rapaz pensou na sua situação, reconheceu seu erro e teve a atitude de voltar! Mas o lindo foi ele não ter se deixado dominar pelo orgulho e nem pela vergonha. Ele se venceu! Poderia ter continuado no rumo errado, numa vida que não valia a pena, mas não: ele ousou!

Eu e você precisamos ter a mesma coragem, em situações assim. Viver acomodado não leva a lugar algum! Às vezes, o que parece derrota pode ser o princípio de uma grande e maravilhosa vitória...
#vamoemfrente!

Padre Omar: é o Reitor do Santuário do Cristo Redentor do Corcovado.
Faça perguntas ao Padre Omar pelo e-mail padreomar@padreomar.com.
Acesse também www.padreomar.com e www.facebook.com/padreomarraposo

Últimas de Rio De Janeiro